Votei

Aqui à frente.

Foto2815

Estava muita gente, apesar dos apelos de um presidente da República que não percebe que são políticos como ele e os que protegeu e deixou multiplicar como fungos daninhos durante três décadas que afastam os cidadãos das urnas.

Não é o futebol, a praia, a chuva, qualquer outra distracção menor que aumenta a descrença na política, na democracia. São políticos apenas preocupados no seu enquistado cursus (des?) honorum que só no plano retórico querem uma participação activa dos restantes cidadãos que a destroem voluntariamente por dentro, até dela restar apenas uma claustrofóbica teia burocrática de promoções caciquistas.

33 opiniões sobre “Votei

  1. Em boa hora!!
    Tb já votei… A descrença essa é enorme sobretudo entre os mais jovens…Não consegui convencer um jovem de 20 anos que faz parte do meu agregado familiar da importância do seu voto. Como eu o entendo ; a sua vivência nada tem a ver com a minha …pois eu no fundo ainda acredito!!

    Gostar

  2. Também já votei. Resolvi seguir os conselhos da malta que foi contra o voto útil nas últimas eleições para retirar do poder quem lá estava, ou seja, não querendo os actuais não votei no PS.

    Como o voto é secreto, não posso dizer que votei no vovô Jerónimo.

    Gostar

  3. Afogam-nos num discurso que só sabe veicular a “inevitabilidade” – a consagração do Mesmo, do unanimismo – e depois querem que participemos nas eleições?!
    Cavaco mais não pretende do que um plebiscito para o Consenso. “Tens que perceber que, se o teu voto não for para isto, não serve para mais nada. Passa bem, vai à tua vidinha, que a gente trata do resto”.
    Falar de participação democrática só faz sentido se, em consequência dela, a soberania popular for respeitada e consequente. Quem sente que a sua vontade expressa nas urnas é repetidamente desrespeitada e escarnecia – sente-se marginalizado e frustrado. E que outra coisa tem acontecido no nosso país (em coro com o diktat vigente na UE)?

    Gostar

  4. Pela primeira vez votei na esquerda, e foi logo na Catarina.
    PS e PSD/CDS nunca mais.
    Em Loulé, na escola onde votei, já tinham votado ~35% dos recenseados até ao meio dia. Afluência um pouco maior que nas eleições anteriores. O período da tarde, normalmente, tem mais afluência.

    Gostar

  5. Cheguei à secção de voto às 10 para as 8 (tinha medo de me dar alguma travadinha e ficar sem votar), não sabia qual o meu nº de eleitor e, como das outras vezes estava lá um senhor com um caderno, confiei, só que desta vez, lixei-me, não sabiam e que tinha de enviar uma mensagem para a junta. Fónix! O meu telemóvel é da idade da pedra e eu, ainda, mais. Enviei a mensagem e não conseguia retorno, fui a outra secção e consegui. Uffff! Cheguei a casa, vi como era fácil arranjar o nº na net e tirei o do meu filho, que não fez a figura triste da mãe.

    Gostar

  6. Votei pela manhã. Dei o meu contributo. Últil.
    Nos últimos tempos, nunca tinha estado numa fila tão grande! Gostei. Bom presságio.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.