Continuidade

Nuno Crato afirmou, algures, que o seu trabalho iria ser mantido e houve quem achou logo que isso seria uma admissão de que iria continuar no cargo.

Acho que é apenas uma constatação… ele continuou Maria de Lurdes Rodrigues como um seu sucessor, do PS ou do PSD continuará o essencial do que têm sido as políticas, mais ou menos prova final, educativas neste século. Por isso, tantas declarações sobre a necessidade de pactos de regime e tantas discordâncias em relação ao acessório.

Falai-lhes em gestão da rede escolar, de modelos de administração escolar, de descentralização (leia-se municipalização) de estruturação da carreira docente e verão que só há variações na tonalidade do cinzento escuro. Tudo em nome da eficácia.

Quanto aos alunos, haverá a simples preocupação em afirmar que se quer o seu sucesso, com ou sem exame/prova final de 4º ano/4ª classe, conforme a terminologia política.

Crato