O Idiota

É aquele que está convencido que, por qualquer estranho e improvável acaso dos astros, tem um valor imenso e está predestinado para altos voos e acredita em todos aqueles que, aproveitando essa sua cega crença em si mesmo, lhe ecoa os anseios e tem capacidade para os multiplicar em canto de sereia.

O idiota, em ponto grande, é aquele que não aprende com o que fizeram a outros, dessa mesma forma, assegurando-lhe as primeiras páginas que já foram daqueles mesmos que ele acha estar em condições de substituir, por não terem cumprido cabalmente a missão que lhes estaria atribuída.

O idiota, em ponto muito grande, é um crítico que já foi conformista e que será conformista logo que lhe acendam a luz ou toquem a campainha para deixar de ser crítico ou lhe arranjem um lugarzinho ao sol quente.

O idiota, imenso, é aquele que não resiste a um convite que lhe garantem de prestígio e de serviço ao país, como se o país não resistisse sem a sua presença vácua em lugar de destaque.

O idiota de hoje chama-se assis mas já se chamou costa e talvez mesmo seguro. Até foi carrilho, vejam lá. Como no outro quadrante se foi chamando santana, mendes, menezes, até mesmo rio, o justiceiro adiado. Idiotas promovidos momento a momento, para depois serem defenestrados e compensados com prateleiras mediáticas, europeias ou misericordiosas, para ver se ficam aquietadinhos enquanto almejam a presidências virtuais.

O idiota de hoje teoriza em cima da cabeça de um alfinete feito com a erudição colhida em meia dúzia de livros comprados nas europas, com o estipendio dado a todos os que vão aforrar-se para Bruxelas e Estrasburgo, mas mantendo-se vereador no Porto, depois de rotunda derrota.

O idiota de hoje foi, anteontem, líder parlamentar quando o seu partido tinha “o líder que a Direita gostava de ter”, sendo que agora todos aqueles que detestavam o engenheiro adoram o idiota e ele nem percebe, naquela míope vaidade de quem ziguezagueia ao sabor dos empurrões, que não passa de uma utilidade passageira.

O idiota esteve em tantas ou mais fotos com o engenheiro quanto o costa. Apenas esteve foi mais tempo no retrato, para fazer pontes podres no Parlamento.

O idiota de hoje é “o líder que a Direita gostaria que o PS tivesse” e ele nem se importa, de tão ajuizado e responsável que é, enredado no seu labirinto de ambições e indo nos cantos dos que acusam costa de traidor, promovendo o idiota a traidor do momento, desculpem, a “crítico”, servindo de pau mandado para uma dissidência, desculpem, “alternativa, encomendada por Belém e servida no jornal de sábado para consumo das massas centrais.

O idiota é idiota, mas andará sempre à tona, porque tudo o que é balofo não submerge, mesmo quando é submarino.

O idiota tem muitos amigos enquanto se sentir bem no seu papel e servir os interesses dos que adoram idiotas.

Um idiota é um idiota e só conseguirá deixar de o ser quando o perceber. Uma quase completa impossibilidade, portanto.

EXp31Out15b

9 thoughts on “O Idiota

  1. Bem escrito! Nem mais. Acho que Assis julga os sacos de lixo que o atingiram em Felgueiras, perante o seu ar de mártir impávido e sereno, o investiram de poderes de salvador. Naaaahhhh…..Ninguém cai nesta. So I hope…

  2. Poderemos então pôr assim, em resumo, a questão: FA é um “idiota útil” ou um “idiota inútil”?

    Para a PAF, FA é um idiota útil. Muito útil. Ele crê num mítico “centro” que o PS deveria reconquistar à direita. Não percebe que a direita tem o seu eleitorado estabilizado e que o centro esquerda (com base sociológica na “classe média”), o espaço “natural” do PS, vem fugindo progressivamente para a abstenção – precisamente pelo facto de o PS ter levado à prática as políticas neoliberais que embalam a direita. Sócas foi, a esse e a muitos mais títulos – mas em particular a esse – a pior coisa que podia ter acontecido à esquerda. Tal como o seria FA. E é por isto que ele também é um idiota inútil. Inútil para quem não quer ver o PS seguir o mesmo caminho de declínio dos seus congéneres europeus – e que encontra agora, com a estratégia de AC, uma oportunidade de voltar a reassumir o seu papel de partido charneira, mormente para a esquerda.

Deixe uma Resposta para Fafe Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.