O Aprendiz

Cavaco Silva tem dúvidas e precisa de garantias sobre a solução governativa do PS com apoio do Bloco e do PCP. Devemos congratular-nos por ele ter aprendido alguma coisa com as assinaturas de cruz em tudo o que o engenheiro lhe meteu à frente, incluindo as ruinosas PPP. Pensando bem, a aprendizagem da dúvida e da necessidade da garantia foi mesmo rápida, pois há bem pouco tempo assinou a privatização da TAP com os riscos da dívida a ficarem todos na esfera pública.

Cagarra

4 opiniões sobre “O Aprendiz

  1. As “exigências” são reveladoras por si mesmas do espírito e das intenções de Cavaco. Senão observem-se, entre outras, estas:

    -> “Respeito pelos compromissos internacionais de Portugal no âmbito das organizações de defesa colectiva”(???) – Mas isto alguma vez poderia estar em causa com um governo do PS e com um PM como AC?! Por outro lado, o Pacto de Varsóvia ainda constitui uma ameaça escondida atrás do PCP?! Isto é no mínimo absurdo.

    ->”Estabilidade do sistema financeiro, dado o seu papel fulcral no financiamento da economia portuguesa” (?!) – Mas não têm sido precisamente os agentes do sistema financeiro que, pela sua acção irresponsável e dolosa, o têm minado e descredibilizado? Como se comportou o patrão do principal banco privado português (que, aliás, nas vésperas do colapso, recebeu garantias de solidez da parte do mesmo Cavaco, para já não falar dos seus amigos do BPN)? Esse sistema financia a economia produtiva ou continua a especular e a incentivar a especulação? O que Cavaco exigiu das entidades reguladoras? No mínimo, isto revela má-fé e cinismo político a rodos.

    -> »Papel do Conselho Permanente de Concertação Social, dada a relevância do seu contributo para a coesão social e o desenvolvimento do País”. – Mas houve de facto alguma “concertação social” durante estes 4 anos?! O que houve foi “imposição social”: o governo criou todas as condições (políticas, legislativas, administrativas) para a desvalorização e precarização do trabalho, arrasando os
    direitos àquele associados, e desequilibrando inequivocamente o prato a favor do
    patronato. E quanto à “coesão social” e ao “desenvolvimento”, neste contexto, soam simplesmente a piadas torpes.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.