Presidenciais – 7

É possível que daqui a uns tempos seja mais perceptível que o debate de ontem à noite pode ter sido um momento de viragem na campanha alegre e triunfal de Marcelo Rebelo de Sousa (na sua versão D. João V, o Magnânimo) e de recentragem do debate num plano menos estratosférico.

O maior sinal disso foi a postura do próprio MRSousa que surgiu mais acossado do que combativo, mais irritado do que irónico e mais irritante do que divertido, como se tivesse percebido que se não conseguir ganhar à primeira, perderá à segunda e que Sampaio da Nóvoa é quem lhe poderá travar o caminho para a sua desejada encarnação majestática, de pináculo de carreira.

A importância da existência de uma segunda volta foi claramente intuída por Jorge Coelho, na Quadratura do Círculo, que é apoiante de Maria de Belém mas não gostará de perder seja o que for nem a feijões e soube elogiar a forma como Sampaio da Nóvoa encurralou o seu oponente da noite.

MRSousa, ao tentar colar Sampaio da Nóvoa a uma “parte do país” parece ter desaprendido algo que dava a sensação de ter percebido nos últimos dois anos, ou seja, que essa “parte do país”´é maioritária e foi profundamente maltratada pelos poderes que foram, pelo tempo de um passado recente que se não deseja que volte, nem que seja em vislumbre de ideia. E é uma “parte do país” que, sendo agitada do seu torpor, votará contra MRSousa apesar das suas audiências na TVI (eu posso ver o Porto-Rio ave com todo o interesse, sem ser adepto de qualquer dos clubes, por exemplo, pelo simples prazer de ver um empate ou derrota daquele de que não sou adepto).

Uma falha final… quando MRSousa afirmou que Sampaio da Nóvoa não podia dizer que ele já tinha decidido ser candidato há muito esqueceu-se que, ao longo de meses, ele descreveu a estratégia certa para um candidato presidencial, com cronograma e tudo, e cumpriu essa mesma estratégia, no tempo real da sua enunciação. Por muito que possa negar, até as suas possíveis hesitações foram descritas semanalmente de forma bem detalhada. MRSousa descreveu o seu próprio trajecto e concretizou-o. Não é preciso ter estado na sua cabeça. Basta tê-lo visto e ouvido.

duelo

3 thoughts on “Presidenciais – 7

  1. Exatamente. Aliá, MRSousa mostrou falta de respeito para com Sampaio da Nóvoa na forma como se lhe dirigiu durante o debate. Parecia que estava a falar para um idiota. Será que o confundiu com algum dos seus pupilos que lhe aparece à frente e de quem ele se queixa?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.