Guterrismo Educacional

Para quem ainda se lembra, tinha os seus pontos bons (uma tendência para não entrar em conflito por tudo e nada com professores e não só), mas também os seus pontos francamente maus (a cultura do sucesso a todo o processo, sem grande verificação que não fosse a auto-avaliação e uns estudos do IIE a condizer). Como levámos com a MLR e o Crato em cima, até pode parecer um alívio e um enorme progresso. Mas como eu ainda me lembro do estado de irritação em que muitos de nós estavam (claro que havia e ainda há muitos crentes na versão edulcorante de tudo isto) há 12-15 anos com aquela “cultura” de muito “especialista em Educação”, muito relativizadora da indisciplina (tendência mais conhecida por “benaventismo”) que importava todas aquelas teorias que eu gostava de chamar a “pedagogia da salvação”, estou com curiosidade para ver como as coisas evoluem, até porque as vacas daquela altura tinham os seus úberes (não confundir com os táxis) ainda com algo para dar e agora está tudo virado para salvar os ulricos (que os salgados já se foram).

METiago

One thought on “Guterrismo Educacional

  1. Eu lembro-me. Até me lembro do Roberto Carneiro…o primeiro a mexer no vespeiro. Na altura eu era novíssima, trabalhadeira, com vontade de experimentar tudo… não tinha problemas com indisciplina, controlava-os bem ou não tivesse eu a energia deles!
    Agora estou mais velhota, cansada, ponderada. Preocupo-me com aquilo que eu considero que são as competências e os conhecimentos essenciais que devem levar como base das minhas mãos.
    As metas atuais são excessivas, têm gorduras laterais que devem ser cortadas. A avaliação está (como já disse) numa mistura de raciocínio/compreensão. As estratégias que estou a usar para melhorar a aprendizagem passam por revisões orais frequentes (9º) e treino de participação oral ordenada (7º). Estão a resultar: Controlo 90% da aula, com poucas interrupções de ordem disciplinar- quero criar um ambiente de prazer pela matéria/ respeito pelo outro/ eficácia na sistematização.
    Estou otimista – sou-o sempre. Vamos lutar por uma boa média no final do ano.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.