Quid Pro Quo, Clarice

Espero que muitos dos que apoiam, nem que seja por alívio em relação a anteriores ocupantes da pasta, as medidas mais recentes do actual ME estejam conscientes que elas não vêm sem uma contrapartida… fim dos exames, mas a prioridade é o sucesso e uma focalização “radical” no aluno. Ou seja, tal como nos anos 90 do século passado, a pressão para a produção de sucesso – agora que os selectivos exames foram removidos do caminho até ao 9º ano – vai ser imensa e será alegado que, como se devolveu a calma e serenidade às escolas, só os professores poderão ser os responsáveis pelo insucesso, pois uma falta de qualidade das aprendizagens nunca poderá ser atribuída aos aprendentes. Neste caso, o CNE corroborará o princípio. Se quiserem ir já tirando as senhas para o balcão das reclamações… poderão ficar menos tempo na fila.

thesilenceofthelambs199

13 thoughts on “Quid Pro Quo, Clarice

  1. Isso é que era bom…
    Se eles não se empenharem, se não trabalharem, se os EE não se responsabilizarem pela sua parte (a educação vem de casa!) esperem lá que a culpa é minha.
    Eu apenas posso prometer que investirei em estratégias variadas (já tenho a minha coleçãozinha delas…) mas sem o investimento do outro, o querer do outro, nada poderei fazer!

    Gostar

    1. gargalhei, mas por escrito não se ouve…
      E se o aluno não levar a dita cuja?
      E se, levando, não trouxer os recados assinados?

      Ai, ai, ai… o professor é que deve seduzir o aluno para as aprendizagens… nada de pressões que desfoquem os aprendentes.

      Gostar

      1. Diria mesmo mais: neste momento, os meus alunos, entre uma falta disciplinar e um recado para casa, preferem a falta. Recado é que nem pensar! 😛

        Gostar

  2. Eu espero para ver sem qualquer impaciência…

    Para quem quiser assacar as responsabilidades ao professores qualquer pretexto serve. Os exames também o seriam: se os alunos chumbam, a culpa é de quem os (não) preparou. (Para não dizer logo que os exames constituem só por si um claro sinal de desconfiança em relação ao trabalho dos professores…).

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.