A Tal Linha

Que é fina e deveria ser muito grossa, entre rebeldia e teenage angst e pura má-criação injustificada, sem causa imediata, ofender apenas porque se sabem dizer palavrões ou ser-se ofensivo: Pactuar com isso é um enorme tiro nos dois pés. A linha não pode ser assim tão flexível, há relativismos inaceitáveis (e não passam necessariamente por gorros ou capuzes, como já escrevi). Arranjar conversas de cházinho das cinco para se fugir a problemas uma enorme cobardia. Tenho tido a sorte (talvez em virtude do mau cenho) de não me acontecer, mas ofende-me por tabela quando sei que aconteceu.

StraightLine

5 thoughts on “A Tal Linha

  1. Ás vezes passo-me e mando uns berros. O ano passado tinha um aluno assim no 9º: tanto foi á rua, tanto o ignorei, que no fim lá o suspenderam. Só passou porque não fui eu a fazer o exame. Ah! Pois, foi a exame… Insolente.
    Bom, agora um chazinho: comecei a beber chá: estou preocupada – acho que estou a ficar velhota…!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.