Interessante

Embora me pareça que existe um desconhecimento quase total nas escolas em relação a isto. Não bastando fazer o roteiro dos amigos – ou entregar uma tshirt a alguém famoso que pode divulgar o projecto e inspirar o seu impulsionador, mas ter zero efeitos práticos juntos dos professores – para se considerar que já é um sucesso. Outra leitura aqui.

O papel da Educação em Davos 2016

O Inspira o teu Professor nasceu para recuperar e reforçar a missão social dos professores.

batmannthink

4 thoughts on “Interessante

  1. Interessante? Eu acho é que o autor da prosa revela o zelo e o delírio próprio dos fanáticos que descobriram uma nova e salvadora religião. Resta saber se para se iludir a si mesmo ou se, mais provável, para enganar os outros.

    É daqueles casos em que ler a caricatura – http://expresso.sapo.pt/blogues/blogue_dias_uteis/critica-do-empreendedorismo-puro=f842322 – é bem melhor do que perder tempo com o original.

    De resto, tem sempre a sua piada ver os aldrabões empoleirados nas suas cátedras, nos seus conselhos de administração nos bancos, empresas e fundações do regime a mandarem os outros empreender.

  2. A “outra leitura” reforça o conceito “Humanidade”. A este propósito, cito Eduardo Lourenço: «O tempo do «Humanidade», que não foi tão humano como o sonháramos, já estava esgotado quando o séc XX acabou. Tempo da razão, tempo do progresso, tempo da história a si mesma transparente, tempo da utopia com tempo plausível, não recebia só de si mesmo a sua fáustica energia, mas daquele tempo que com tanta determinação recusava. Quando o dispensou e parecia que íamos entrar, de olhos bem abertos, naquele espaço que desde Platão designamos como o da plena claridade, por oposição às aparências, descobrimos que o novo tempo, este nosso, é precisamente o da caverna. De uma caverna perpetuamente iluminada, mais fascinante que todos os céus supostos, o dos deuses ou o da razão. (…) De uma maneira, até hoje inédita, pelo seu excesso, não sabemos quem somos, nem onde estamos. (…) [..as origens…fim] Sem dúvida que sabemos mais que todas as gerações passadas sobre essa origem e que o futuro é tão inimaginável como o foi sempre. Talvez por isso estejamos parados* no meio de um cosmos de que desvendámos quase todos os mistérios, salvo os nossos de passageiros em trânsito para lado algum realmente pensável, a não ser como apocalipse domesticado (…). (…) Nunhuma magia virtual nos restituirá esse mundo que já nem como História somos capazes, ou temos interesse, em revisitar. Estamos numa outra história onde a urgência do presente a si mesma se basta. »

    *reconhecido na “outra leitura”: But that doesn’t mean we should be paralyzed.

    Para a que foi apresentada em Davos, embora não esteja indicada a sua autoria na peça jornalística, podemos ficar com uma visão mais aprofundada aqui: http://p3.publico.pt/actualidade/politica/19422/afonso-reis-inspirar-professores-ate-ao-forum-economico-mundial

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.