Recordar é Reviver

Professores disseram claramente e de forma expressiva NÃO! ao processo de municipalização da Educação

Representantes das oito organizações que constituem a Plataforma Sindical Docente fizeram, em conferência de imprensa realizada em Lisboa (5/06/2015), o balanço da consulta aos professores sobre a municipalização da educação. 97,5 por cento dos votantes disseram “Não!” .

Representantes das oito organizações que constituem a Plataforma Sindical Docente fizeram, em conferência de imprensa realizada em Lisboa (5/06/2015), o balanço da consulta aos professores sobre a municipalização da educação. 97,5 por cento dos votantes disseram “Não!” .

Faltando apurar (no momento da realização deste encontro com a imprensa) apenas 15 por cento das 2 197 mesas de voto, a Plataforma deixou uma “primeira nota” para destacar – e são já palavras de Mário Nogueira –  que “este processo de auscultação não tem precedentes no nosso país”.

A nível nacional, por voto secreto, num expressivo ato de cidadania, milhares de professores manifestaram a sua firme oposição ao processo de municipalização que o Governo quer concretizar.

Gostava só de sublinhar que na consulta feita não se questionou se os docentes queriam uma municipalização má, assim-assim ou boa e virtuosa.

O não foi a esse processo, sendo que dele já não contava a gestão do pessoal docente.

Ora… eu espero estar MESMO enganado, mas nos próximos tempos pode aparecer por aí a tese de que a municipalização pode ser, afinal, boa, se for feita com pessoas muito sensatas à mesa, nomeadamente os que apareceram nesta conferência de imprensa.

E quero MESMO acreditar que “este processo de auscultação [sem] precedentes no nosso país” não venha a ser deitado fora em troca de um novo entendimento ditado pela cedência ao lobby das obras públicas autárquicas (que querem os fundos comunitários para as construções escolares e não só) e à tese de que, sem contratação de professores, a municipalização da Educação é, afinal e ao contrário do que acham velhos caturrentos como eu, o novo Paraíso na Terra que irá permitir um desenvolvimento do país como nunca vimos até agora.

Ahhh… só um momento… isto não é anti-sindicalismo… é anti-vira-casaquismo.

Kiss

2 thoughts on “Recordar é Reviver

  1. Viro-me para dentro: hoje tenho de corrigir mais uns testes e sei que a turma B cumpre os objetivos. A sua atenção, esforço e dedicação são o meu alívio…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.