Silêncio

Escasseia, em especial nos espaços onde todos acham que ter voz é berrar a plenos pulmões a insignificância dos conteúdos. Berro, logo existo. Já nem é exclusivo da rebeldia juvenil, parece ter-se tornado uma forma de estar como modo de afirmação pessoal. Estende-se, de forma contínua dos espaços públicos para as vivências privadas, invadindo-nos sem pedir licença e estranhando quem não partilha a volúpia do disparate ampliado por n decibéis. Conseguir momentos para respirar silêncio é um luxo cada vez mais raro.

silencio-thumb0

2 thoughts on “Silêncio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.