A Fronteira

Da minha paciência em relação a colegas que se queixam imenso de tudo e alguma coisa encontra-se na sua disponibilidade para aprender a fazer – ou pelo menos a experimentar – qualquer coisa de novo que até pode melhorar a sua situação. Quem tem como profissão ensinar e se queixa de quem alegadamente não quer aprender, não pode fazer exactamente o mesmo que critica, recusando-se sistematicamente a tentar algo novo e parasitando terceiros, sempre com argumentos coitadinhos.

limite

Anúncios

2 thoughts on “A Fronteira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s