Última Aula

Marcelo Rebelo de Sousa deu ontem a sua muita anunciada última aula na Faculdade de Direito. São mais de 40 anos de carreira académica que, como acontece com muito outros mestres de gerações universitárias, tem o seu apogeu no momento da despedida, perante os seus discípulos actuais e quantos dos antigos quiserem ou conseguirem comparecer. Acho que é, para um professor, o maior prémio de carreira por que se pode ansiar.

Só lamento que, salvo quase infinitesimais excepções, nada disto se passa com professores do Ensino Não-Superior, mesmo que eles tenham igualmente décadas de carreira, com sorte a maior parte dela em escolas onde se tornaram figuras tutelares e históricas, mesmo se há quem do alto da sua inteligência e preconceito considere isso impensável numa Escola Básica e Secundária.

Sei que os grandes professores universitários podem exercer uma marca quase inultrapassável na formação de muitos dos seus alunos, que se tornam seus mentores, que podem mesmo criar uma descendência académica e intelectual (no bom sentido, estou a exlcuir os que apenas se preocupam em engordar séquitos pessoais) e por isso são recordados com saudade por quem com eles aprendeu.

Mas esse papel também não acontece, numa fase bem mais precoce e arriscada, com professores do Ensino Básico ou secundário, quando muita coisa pode decidir-se de forma irremediável em temros de inclinações, continuação de estudos, descoberta de interesses e vocações ou a sua destruição?

Não lembramos quase nós todos as nossas professoras (e em alguns acasos professores) primários ou do 1º ciclo? Não é esse primário o que está na base (de onde vem também o básico) de tudo o que se segue? De que forma têm sido tratados tais colegas, anos após anos, quando terminam a sua carreira? Um jantarinho, com sorte uma placa, uma medalha, um souvenir entre colegas, sem qualquer despedida perante os seus discípulos?

Em especial na última década, a larga maioria que saiu da docência em final de carreira ou antecipando-a perante tudo o que se passou, fê-lo quase sempre amargurado com o que deixava para trás e não se importando em sacrificar-se materialmente para manter a sanidade. Será essa a forma certa de terminar uma carreira? Mas foi assim que a tutela activamente procurou livrar-se de muita gente que achava cara. E nem sempre as escolas souberam fazer justiça a quem partia. E quem partiu quantas vezes ficou sem vontaxde de, sequer, lá voltar.

Gostava, a sério que gostava, de ainda ver um tempo em que os professores não-universitários merecessem, nem que fosse nos casos mais emblemáticos, a homenagem pública pelo seu trabalho e que tivessem a sua despedida no palco ideal: a sala de aula, perante os seus alunos (que sempre o serão, presentes ou passados) e não a sala de almoços ou jantares, por muito apetitosa que se apresente a ementa.

Comenius

7 thoughts on “Última Aula

  1. Eu tenho uma visão singular destas coisas: acho que os professores do 1º Ciclo é que deviam ser os mais considerados, amparados e bem remunerados. A formação básica – comportamentos, valores, instrução, capacidades mais estruturantes – constitui absolutamente o pilar de toda a Educação.
    (Digo isto tanto mais à vontade quanto sou professor do Secundário).

  2. Toda a razão, Paulo. Quando a mim, foi a incapacidade física e psicológica de enfrentar uma sobrecarga brutal que me fez abandonar o ensino. Saí, com amargura, saí defraudada, saí deitada ao lixo, por todos, tutela e colegas. Semprei dei o máximo que podia e considerava necessário, para ser uma profissional.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.