Sem Pachorra

Mas é falha minha, certamente, sentir-me entediado pelo regresso a discussões que não me parece valerem um chavelho ressequido, que parecem círculos viciosos e nada virtuosos de debate em torno da cabeça de um alfinete enferrujado. É nestas alturas que confirmo a minha profunda velhice interior. É que há peditórios que são mais velhos do que aqueles com aquelas pandeiretas redondas ao peito de umas senhoras bem intencionadas. E o que mais irrita é a intolerância dos tolerantes, daqueles que defendem a liberdade de fazer tudo, excepto se for aquilo que lhes desgosta o preconceitozinho do politicamente correcto de capelinha da rede social. Phosga-se, que já cansa e enjoa e cansa e enjoa tanta charamelice. E sim, estou para inventar palavras que é para não começar a vernacular fortemente.

Haddock

7 thoughts on “Sem Pachorra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.