Bruxelas

As palavras são redundantes, as enormes profissões em fés inabaláveis nem sempre a forma mais lúcida de reprovação do horror. As imagens valem mil palavras, mas também satisfazem mil vezes aqueles que as produziram e delas dependem para multiplicar o medo. Tudo isto é demasiado complicado, mesmo se não é novo, para se procurarem explicações imediatas e contextualizações a gosto. O essencial é resistir. E a seguir decidir como o fazer.

Tristesse

One thought on “Bruxelas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.