Ficção Pura

Cheguei à conclusão – de novo – que não é possível estabelecer qualquer tipo de análise ou debate racional sobre Educação entre nós com base em indicadores estatísticos ou valores oficiais fornecidos pelas autoridades que deveriam ser competentes, porque tudo se perde num emaranhado de simulacros da realidade.

Não, não é uma teoria da conspiração.

Parece que em termos de contabilidade pública, consideram-se encargos para o Estado os salários pagos aos seus funcionários e mais uns adicionais que o Estado paga a si mesmo, mas não se descontando à “despesa” os impostos recolhidos a esses mesmos funcionários. Ou seja, no caso que me tem vindo a ocupar, um professor que recebe anualmente 21000 euros brutos, dos quais recebe efectivamente à volta de 15000 euros (dependendo do estado civil e número de filhos), significa para o Estado nas suas contas um “encargo” oficial de 27000 euros. O que, em meu escasso e sincero entendimento, é uma enorme ficção e deturpa qualquer análise do que custa efectivamente um professor com horário completo a leccionar numa escola.

Não é a primeira vez que acho que tudo isto é uma enorme mistificação estatística. Não faço processos de intenção a ninguém quando usa dados destes a partir de fontes “oficiais”. Só que, como em outras áreas em que seria fundamental sabermos ao que andamos, nada disto passa de uma imagem desfocada da realidade. Como aquelas cascatas de números no Matrix. Sempre li com estima o Philip K. Dick. Agora sinto-me no meio de uma das suas novelas mais asfixiantes.

4 thoughts on “Ficção Pura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.