Panamagate

Já repararam como o que prometia ser um escândalo enorme – apesar do Panamá ser apenas um entre muitos paraísos fiscais – acabou em praticamente nada através de uma hábil estratégia de descobrir o já descoberto. Indo em busca dos Espírito Santo e Salgado e de periferias do caso Sócrates captava-se a atenção do pessoal e nada se revelava de essencial ou problemático. Entretanto, enquanto se expurgava a base de dados do que é incómodo, anunciava-se a sua abertura ao público no que é (mais) uma enorme mistificação jornalística entre nós. Deplorável, sendo de lamentar que se deixou amarrar desta forma na sua liberdade de informar. Mesmo que fosse incómodo, até porque consta que lá estariam dados muito interessantes para se perceber quem informa(va) o quê a mando de quem. Porque o caso-banif na tvi (que tanto parece incomodar alguns como as escutas do caso Marquês divulgadas pelo CM que tanto encrespam gente que ficaria melhor calada) é apenas uma migalha em relação aos anos e anos de contaminação da opinião pública com falsidades à la carte.

claustrofobia

 

2 thoughts on “Panamagate

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.