Mitos Particulares

Na sebenta mal cuspida de alguns jovens (ou não tão assim) investigadores-opinadores do nosso recanto mal frequentado, o 25 de Abril foi devastador para o ensino privado em Portugal, tendo destruído quase por completo uma rede de ensino particular livre que ainda hoje não recuperou desse choque. Bem… têm razão numa parte, mas não em outra. Quando se observam as matrículas nos anos que rodeiam o 25 de Abril, percebe-se a clara redução de alunos no ensino particular (é bem verdade que muitas famílias saíram do país) mas não é verdade que o peso do ensino particular fosse muito elevado no sistema educativo nacional.

Matriculas74Se fizermos as contas bem feitas, em 1973-74, juntando Ensino Básico e Secundário, o sector privado alcançava apenas 12,5% das matrículas, algo que é exactamente o valor relativo que 40 anos mais tarde (2013-14) o ensino privado independente E com contratos de associação representa no Ensino Básico actual. Ou seja… após “40 anos de socialismo” estamos no ponto de partida… como no fim do Estado Novo 🙂 .

O facto do quadro ter a escolarização feminina em destaque é porque foi retirado de um trabalho em que esse era o tema central.

2 thoughts on “Mitos Particulares

Deixe uma Resposta para maria.c Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.