A Espiral do Sucesso

Acreditem, a redução do insucesso a partir de 2015/16 vai pulverizar os recordes que agora se divulgam. Que o 7º ano é o mais problemático, sabe-se há muito, excepção feita a alguns especialistas que insistem em sublinhar que o 5º ano é que é traumático para estender o primeiro ciclo para seis anos. A lógica do low cost alia-se ao discurso pedagogicamente correcto do direito ao sucesso e nas escolas já não há muita pachorra para ir contra a corrente.

Pormenor… apesar dos “exames” de 4º ano (que ainda existiam em 2014/15), a taxa de retenção no final do primeiro ciclo foi a mais baixa de sempre. Claro que isto vai ao arrepio da ladaínha de outras luminárias da pedagogice nacional, mas agora já não interessa nada.

Clown

8 thoughts on “A Espiral do Sucesso

  1. O que me preocupa é a média de biologia-geologia no secundário. Todos melhoraram mas estes têm a média mais baixa…não, já não é a matemática! Será que o people já acordou ou está tudo a dormir ainda?
    E sim, o sétimo ano é o mais problemático!

    Gostar

  2. Só a esquerdalha é que não vê que se estava no bom caminho. Gostava de ver o que o profeta da bandalheira tem agora a dizer.
    Como se diz noutros sítios: engole a porcaria que disseste.
    Mas entretanto, a bandalheira instala-se.

    Gostar

  3. maria.c isso não a devia surpreender.
    Quem conhece a estória da disciplina de Biologia e Geologia ao longo dos anos, compreende as razões do insucesso.
    Os sucessivos M.E. transformaram Ciências Naturais/ Ciência da Terra e da Vida / Biologia e Geologia, numa disciplina extensa, multifacetada, avaliada quase exclusivamente por perguntas de escolha múltipla, tão americanas, que os professores têm um dilema: despejar matéria ou treinar os alunos para exames.
    Biologia e Geologia torna-se em muitas escolas a odiosa.
    Para isso contibuem também os professores ou biólogos ou geólogos, ou tendo uma licenciatura generalista.
    Os alunos passam 2 anos a testar os professores e vice-versa.
    Quanto à Matemática tendo a grande beleza do processo criativo da resolução de problemas tem vindo, natural ou artificialmente a conquistar o sucesso que merece.
    Estranho bem mais as notas de Fisica e Química de 11º ano, quer em 2014, quer em 2015.

    Gostar

    1. Não esquecer que a matemática tem apoios, salas de estudo e demais parafernália desde o básico. as ciências naturais têm de se amanhar sozinhas…

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.