Desagregação

A CEE começou em grande parte para permitir que, através da cooperação económica, se reduzissem os riscos de mais uma guerra europeia de grande dimensão, o que nos últimos 100-150 anos normalmente significa uma guerra entre a Alemanha e a França. Com o tempo, foi evoluindo para outra coisa, acabando por culminar num projecto político que alguns querem supra-nacional e federalista em que, inevitavelmente, os mais fortes tentarão domesticar aqueles que não seguem as suas orientações, conseguindo o apoio para esse efeito de estados mais pequenos, ansiosos por ganhar as boas graças dos poderosos.

Com o alargamento para Leste, a Alemanha viu concretizar-se a possibilidade de um império económico, através da transformação de uma série de estados, novos membros da UE, em seus satélites, usando-os para esmagar qualquer diversidade periférica mais a sul. E esse império económico e financeiro cada vez mais tende a tornar-se político e transformar a Europa numa coisa qualquer resultante de uma espécie de Zollverein de nova geração.

Confesso que a obsessão de alguns políticos alemães com o rigor financeiro me parece encobrir outra coisa, um projecto de dominação a médio prazo da Europa Comunitária e a sua transformação numa espécie Estados Federados da Alemanha, risco que aumentou imenso com o Brexit e a irrelevância política da França de um Hollande mais preocupado em pintar o cabelo e parecer do que ser um verdadeiro líder.

Isto não vai acabar nada bem. Até porque há entre nós uma enorme 5ª coluna pronta a vender-nos por umas cadeiritas na nomenklatura europeia.

Otto_von_Bismarck

4 thoughts on “Desagregação

  1. Penso que a situação deve evoluir mais ou menos para uma coisa deste tipo:
    ” …Bom, mas se não têm dinheiro, podem pagar em géneros… olhe…nós ficamos com o Algarve e não se fala mais nisso!”

  2. A maior dificuldade que o Brexit trouxe para a UE tem a ver com o facto de, com a saída do UK, aquela perder um contrapoder fundamental que resistia à hegemonia alemã e à sua muleta francesa. A UE ergue-se em grande medida para enfrentar o “problema alemão” (conceito político-diplomático para designar a vocação imperial da Alemanha) e que fez com que os ingleses (mormente os conservadores, como Thatcher) sempre mostrassem as maiores reservas perante a unificação alemã. Está cada vez mais claro (Schäuble diz o que a sua franqueza de tecnocrata interdita aos políticos) que a Alemanha quer ser uma “pequena China” que, garças ao seu predomínio económico (industrialização, superavit, mantidos às expensas da subalternização e depauperização dos restantes, sobretudo os do Sul), pretende fazer do resto da Europa um
    império germanizado capaz de ombrear de algum modo com os EUA, China ou outras potências emergentes.

  3. Não sei se vai ser o Hollande ou qq outro mas o contraponto à Alemanha terá de ser feito pela França e PIGS. O resto esvai-se em neo-nazismo. Convém que a Alemanha continue moderada. Vamos ver quanto tempo conseguem aguentar a moderação. Quando a UE deixar de ser politicamente correta teremos problemas sérios. O UK já se separou e isso não me admira. Eles nunca foram de ditaduras.

  4. A desagregação da UE já começou há muito… quando deixa de ser uma europa das nações e passa a uma europa de subjugações e domínios, de esmagamento das identidades e das especificidades, de controle autoritário sem reconhecimento pelos povos (não governantes, que sempre evitaram referendar), de interesses e privilégios elitistas de demagogos centralizados, de “técnicos” ausentes de cultura histórica e de cultura democrática, de domínio absoluto do capital financeiro com a decapitação do capital humano,…
    A “europa construída” dos finais do séc. XX acabou e todos os passos que vão sendo dados apenas vão contribuindo para a aproximação do fim… a pobreza das lideranças europeias contribuem fortemente para acelerar a desagregação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.