6 thoughts on “Sanções

  1. Infelizmente, percebe-se: ambos colocam o futuro dos portugueses em segundo plano, em face do seu ressentimento pessoal e político e dos interesses estranhos ao povo que eles sempre representaram…
    Não posso também deixar de reparar que muitos pafistas se têm silenciado sobre as declarações de Schäuble sobre a questão das sanções, evidenciando não apenas o seu sectarismo (o que não é novidade), mas, pior, deixando que este se sobreponha mesmo aos superiores interesses do país. Esta questão, para nós, portugueses, é muito mais grave que o Brexit, que tanto tem feito espernear esses acólitos.

  2. Não se pode se não, de boa fé, subscrever as palavras e preocupações do Paulo. Já estes pseudo comentários são manhosos e tenebrosos.

    1. Os pseudo comentários são de uma mente bastante perturbada que, na falta de vida própria, acha que assim me chateia. Passo por aqui, vai tudo para o lixo e fica tudo resolvido com o adepto disfarçado da geringonça que agora ficou com uma série de gente de quem não pode dizer mal. Ora… sem açaime, a criatura é assim.

Deixe uma Resposta para maria.c Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.