Critérios

Há já muitos anos, nos tempos formativos dos actuais decisores em matéria de Educação, vivemos um período em que as competências e as atitudes e valores imperavam nos critérios de avaliação sobre os conhecimentos e essas coisas anacrónicas como o desempenho em testes e outros materiais tidos como neandertais pelos sapiens sapiens de então (e seus discípulos de agora). Foram os gloriosos anos 90 do século passado e num dos seus últimos anos fui dt numa escola onde essa era a teoria que se queria prática de sucesso. Fui consultar os meus arquivos e dei com um documento em que se alinhavam, de forma equitativa, dez descritores de desempenho dos alunos, cinco para as atitudes e valores e cinco para os conhecimentos. No caso de alunos problemáticos a relação era ligeiramente diferente, de seis para cinco. Lembro-me de ter feito o reparo a quem de direito na altura que, daquela forma, só se tivessem 100% em tudo o que fosse conhecimentos é que muitos alunos poderiam passar, pois era na área das atitudes e valores que eles eram uma lástima. No caso dos tais problemáticos chegava-se mesmo à situação de, após a avaliação das atitudes, a dos conhecimentos só servir para distinguir os níveis 1 dos níveis 2.

Portanto, critérios há muitos e cada um@ faz deles o que entende, juízos morais à parte.

KArl1

3 thoughts on “Critérios

  1. Uma boa descrição do produto final de 12 anos de escolarização na escola pública?

    http://novoadamastor.blogspot.pt/2016/07/nao-ha-voluntarios-para-tropa.html

    A grande maioria da rapaziada que chega (para já não falar no elevado número de mulheres que é recrutada – já nem vou falar disso…) está cheia de maleitas físicas, derivadas de maus hábitos de vida (visão, coluna, ouvidos, obesidade, etc.); débeis físicos, vítimas do sedentarismo e da educação física incipiente, dada nas escolas; maus hábitos sociais, etc.; ignorantes encartados (a mediocridade do ensino é catastrófica); moralmente aleijados e sem o menor espírito de sacrifício ou capacidade para enfrentar contrariedades, o que faz com que inúmeros desistam às primeiras dificuldades, etc..

    Ora mesmo com a água benta toda que se tem aspergido (vulgo baixar critérios e bitolas) não resta um número mínimo de mancebos capazes para o serviço das armas.

  2. :)))
    Tropa ????
    Esta agora…Azar tive eu !
    Terminar o INEF/ISEF,e receber incorporação no dia de aniversário …
    2 Julho 76 ,Ota ( de otário ) e 18 meses à procura do “inimigo “…
    Não aprendi nada !!!!
    Falou ,
    Tenente Magalhães

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.