Sanções-Zero

Não me vou pronunciar sobre a essência, justiça ou substância da coisa em si, porque isso é matéria reservada a gente com muito mais conhecimentos do que eu nestas matéria, incluindo muita gente que agora dirá o contrário do que estava a dizer há 48 ou mesmo 24 horas, sejam os escribas que vivem de escrevinhar diariamente para sobreviver, quais camilos (não o lourenço, cruzes, que esse é uma alforreca), mas sem o talento, sejam os ex-PM em formato de seminarista béu-béu de patinha sempre a dar-a-dar a ver se recebe biscoito do dono xóible.

Mas gostaria de assinalar que, a confirmar-se tudo, isto, afinal, há quem deveria cobrir-se de alcatrão e penas, de senadores-da-economia dos canais noticiosos (com os nomes… de um crescentemente insuportável José Gomes Ferreira ao ininteligível António Costa repescado aos escombros do Económico, passando pelo mais do que coerente Camilo Lourenço na televisão pública paga-com-o-dinheiro-de-todos-nós que ele gritou que queria ver privatizada antes de lhe darem um cantinho remunerado) a políticos armados em analistas em causas próprias, com destaque mais do que merecido para a professora Maria Luís e o aluno Pedro que tanto anunciaram a desgraça e disseram que com eles nada seria assim (mesmo tendo sido com eles que foi assim), a que se pode juntar o Rangel Europeu sempre alinhado com o alinhamento dos mais alinhados.

Afinal, mesmo atamancada, a geringonça lá se vai aguentando (por muito truque que vá fazendo na Educação com a qual já ninguém se importa muito, pouco ou nada pelos lados do pcp e do bloco, a menos que seja para dizer mal dos exames, em especial do de História) e há quem já desespere um pouco com o atraso nas recompensas merecidas e que até agora parecem só ter batido à porta do José Barroso, embora a dele seja de tamanho xxxl, sendo capaz de ter ficado coisa pouca para os aprendizes.

Alcatrao2

4 thoughts on “Sanções-Zero

  1. Última hora! Cavaco reage às sanções: “realmente, e pensando bem, 0% é uma quantia muito baixa” declarou, enquanto tricava uma perna de coelha no jardim da urbanização da mesma.

    Gostar

Deixe uma Resposta para Magalhães Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.