Porquê?

Haverá explicação para o recrutamento do pessoal político, em special ao nível dos governantes e deputados ter continuado a descer a pique ao longo dos últimos governos, chegando a esta rafeirice de gente que não percebe o que acarreta um cargo deste tipo? Quero lá saber do partido, se é secretário disto ou daquilo ou se os deputados fazem o mesmo. O facto de grande parte dos anteriores não passarem de palermas úteis não desculpa que tenhamos sempre de nivelar pelo padrão mais baixo e descer ainda mais uns pontos. Devolver o dinheiro nem chega para mascarar o problema de quem não tem qualquer sentido de Estado e não é um Santos Silva que salva a coisa, muito pelo contrário, porque quando um pretenso senador valida este tipo de práticas para a ser cúmplice moral desde total vácuo ético. E depois há quem ache que defender a geringonça é fingir e varrer para debaixo da enxerga este tipo de vergonhas.

É preciso um código de conduta para que o óbvio seja ainda mais óbvio?

Gentinha rasteira.

Life

Demissão

Não acho que aquele auxiliar de ministro com cara do que parece ser deva ser demitido por ter recebido uma gratificação da galp. Deve é ser demitido por ser tão burro que nem pareceu achar nada de estranho numa situação que me parece típica e feita à medida para embarretar pategos e ter achado que há mesmo viagens grátis ao Rio.

F3.ChapeusHaMuitos

Verdascados e Nada Pagos

Mensagem recebida em vários pontos do país, mudando apenas as percentagens.

Ex.mº Sr(a) Diretor(a)

Na sequência da análise realizada ao Plano de Ação Estratégico apresentado pelo Agrupamento/Escola que Vossa Exª dirige junto se envia a apreciação feita pela Equipa de Missão do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Educativo:

“Numa apreciação na generalidade da dimensão ‘relevância pedagógica’ do plano de ação estratégica, tendo por referência os termos do edital do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, designadamente o artigo 7º, n.º 2, alíneas a), b), c), e), conclui-se que as medidas inscritas no plano cumprem 75% a 90% dos critérios de referência, pelo que se consideram pedagogicamente muito relevantes.

No que respeita à sua sustentabilidade, face à informação disponível na presente data, o desenvolvimento das medidas de promoção do sucesso escolar constantes do plano deve respeitar as orientações estabelecidas no artigo 8º e no n.º 1 do artigo 10º do Despacho normativo n.º 4-A/2016, de 16 de junho e, consequentemente, a sua preparação e organização ser sustentada nas horas de crédito apuradas nos termos do artigo 9º, n.º 1, do referido Despacho. Sem prejuízo da presente apreciação, a estrutura de missão assegurará no âmbito das suas competências o acompanhamento e monitorização do plano, cuja operacionalização será oportunamente articulada com a Direção do Agrupamento/Escola.”

Com os melhores cumprimentos

A Equipa de Missão do PNPSE

Tradução: desemerdai-vos com, o que têm e ninguém vos obrigou a ir em cantorias e já têm idade para não acreditar em tudo o que vos dizem que luz.

Barrete