Esperançoso

O César Israel Paulo acredita que o actual governo revela uma “abertura diferente” em relação à colocação de professores. Se é verdade que o fim da BCE foi um bem em si mesmo, fica muito por fazer em relação à correcta gestão dos recursos humanos nas escolas. Há procedimentos que não podem continuar a seguir a lógica do tiopatinhas (por exemplo, abrirem-se vagas apenas a 1 de Setembro de professores com atestados de longa duração, em vez de se contemplar logo o seu preenchimento) ou a insistir em pedir mais (trabalho) com menos (meios), o que conduz a um esgotamento pessoal e profissional mais grave do que o simples envelhecimento etário.

O César está esperançoso. Ainda bem, isso anima-me. Nestas matérias, ele sabe mais do que eu, porque anda pelos meandros, enquanto eu apenas observo. Já se pode dedicar a 100% à ANPC. Espero que ganhe as suas lutas e possa dedicar-se (de novo) a 100% aos alunos. Que nunca se habitue ao remanso das mesas negociais, como tantos outros.

Burnout

One thought on “Esperançoso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.