O Preço do Sucesso

Há escolas a empurrar alunos problemáticos para outras? Mas é novidade para quem? Só se for para alguém que é especialista em Educação há décadas, que teve responsabilidades governativas e que diz acompanhar múltiplos projectos em escolas. Custa-me escrever isto sobre Joaquim Azevedo, alguém que desconheço pessoalmente mas por quem tenho alguma admiração intelectual, mas que só em 2016 parece ter descoberto que a água molha.

É nestas alturas que se percebem as imensas limitações de quem se especializa em gabinete e teoria adaptada a realidades muito circunscritas.

O que faltou – ainda – descobrir a Joaquim Azevedo para ter uma ideia aproximada da realidade escolar do nosso país? Que nas escolas privadas de sucesso estes alunos nunca tiveram lugar. Nas escolas públicas ainda há aquelas que aceitam toda a gente, mesmo sabendo todos os problemas acrescidos.

lampadinha21

8 thoughts on “O Preço do Sucesso

  1. Não é a primeira vez que este senhor se espanta com aquilo que toda a gente sabe. É o resultado de estar há muito tempo longe da realidade, a postapescadar a partir de gabinetes.

  2. Subscrevo o que diz António Dias e é verdade que Joaquim Azevedo teve muita visão há uns anos… ultimamente é como se tivesse parado no tempo….

  3. Eu também tenho admiração intelectual por estes artistas, tanta como a que eles têm pelos professores no terreno.

    No resto, é a costumeira rábula do PSD-mau, mas exigente, que faz rankings de escolas boas e escolas más, e do PSD-bom, que se preocupa com os pobrezinhos que, por serem maus alunos, não têm lugar nas escolas “boas”.

    A minha leitura: https://escolapt.wordpress.com/2016/09/05/as-escolas-publicas-rejeitam-alunos/

    1. O JAzevedo faz de PSD bom e mau. Está dos dois lados dessa caracterização.
      A admiração intelectual não se deve apenas aos “nossos”, mas a todos aqueles que sabem estruturar um pensamento, mesmo que discordante do nosso.

      1. Não gostaria de ir por aí, porque o que mais vejo são sofistas e demagogos com pensamento estruturado.

        Ponhamos a coisa desta forma: a minha admiração intelectual pelo JA, que já é grande, ficará ainda maior no dia em que souber que passou do pensamento à acção e, como grande pedagogo que é, adoptou a melhor das pedagogias, a do exemplo, e inscreveu os netinhos na escola do Cerco.

  4. Acho que cada um deve inscrever a descendência na sua área de residência e não ir em busca da escola mais problemática para provar algo.

    Um sofista não tem pensamento estruturado, mas apenas truques retóricos e dialécticos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.