Irremediavelmente Velho

É como me sinto quando leio coisas sobre a necessidade de contratar empresas americanas para executivos para dar formação sobre como conseguir colocar alunos e professores a comunicar. Não me percebam mal… a falta de comunicação é um problema que se vai acentuando com o envelhecimento do corpo docente e a aceleração nos códigos comunicacionais dos jovens. Mas… é preciso fazer este tipo de outsourcing e dar a entender que isto é de génio? Que tal reunir alunos e professores e colocá-los apenas a falar uns com os outros sobre a forma como encaram a escola e as aulas antes de se entrar pelos conteúdos? É preciso vir a expertise lá de fora para algo tão simples? E é sempre (ou quase) preciso que este tipo de “projectos” tenham nomes, designações ou acrónimos assim para o inglesado?

debate-1-story

3 thoughts on “Irremediavelmente Velho

  1. Este tipo de “soluções” emana de uma ideologia da técnica e tem como pano de fundo uma ontologização das empresas. A realidade económico-social dos alunos é ignorada. Os sujeitos enquanto detentores de um potencial de reflexão-acção que se actualiza através do diálogo não são tidos em conta. O relevo de questões institucionais é esquecido (se a Direcção assobia para o lado quando há participações disciplinares, se chega a desincentivar a feitura das mesmas, que impacto tem isso no que se passa na sala de aula?).

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.