Perímetros

Há quem chegando “a uma certa idade” se deixe de ralar com muita coisa, tanto se lhe dando isto como aquilo e deixando as fronteiras esbaterem-se entre o que @s rala e o que tanto se lhes faz, a vida é curta para nos chatearmos e isso quando se percebe que o horizonte se encurta. E há quem passe a definir com clareza o perímetro entre o lado de cá, onde entra e importa mesmo (a) quem queremos, e o lado de lá, para tudo o resto, onde se acumula o tal tanto se me faz ou quase assim, desde que não force a tal linha quase imaginária que divide o essencial que não se negoceia e o resto que se tinge de vários tons de indiferença.

perimetro

2 thoughts on “Perímetros

  1. Escrever quebra a indiferença. – escrevi isto em 2004/5 e a partir daí comecei a escrever diariamente. Não é pelos outros: é por mim!
    Se alguém gostar de me ler fico contente. Se não gostar… andei! Escrever é que faz a diferença!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.