Infantilização Parental

Assisto a ela com alguma frequência, quando os pais acham que o seu papel é quase exclusivamente o de serem muitos amigos e compinchas da sua descendência, não entendendo que os miúdos precisam mesmo de alguém que assuma o papel de adulto na sua vida. Convivo actualmente, com alguma proximidade, com um duo parental que parece incapaz de entender que as crianças pequenas precisam de liberdade mas também de uma estrutura – ao nível dos tempos para brincadeira, dormir, etc – para que se consigam definir e sentir segurança a médio prazo. É terrível ver, passados alguns anos, os efeitos desta atitude e desta demissão – incapacidade? – dos adultos se assumirem enquanto tal, como se isso fosse um acto horrível de autoridade, confundida  com autoritarismo.

adulto

3 thoughts on “Infantilização Parental

  1. Muitas vezes, os únicos que aparecem a fazer frente aos alunos – impor regras, corrigir comportamentos, indicar valores – são os professores. Ficam “na ponta do corno”…

    Gostar

  2. Para além do “compincha”, há ainda os pais que teimam em defender que o pénis e testículos desenhados pelo seu educando na ficha da escola é um “coelho” (algo de criatividade) e os que , em espaços públicos os deixam fazer uma berraria enorme, com birras e gritos durante uma eternidade de tempo- quem diz qq coisa, ainda leva na cabeça.

    O problema não é da criançada e dos miúdos. É mesmo da ascendência…….

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.