Society at a Glance 2016

A cada novo relatório da OCDE é uma agitação. Como se não nos devolvesse os dados que lhes são fornecidos pelas nossas instituições. Claro que tem sempre interesse vermos as comparações. Por isso, eu também posso escolher a minha comparação favorita, aquela que demonstra que em Portugal – ao contrário do que afirmam os órfãos da PAF e mesmo alguns dos seus antecessores desmemoriados – os jovens mais atingidos foram os mais desfavorecidos. Aliás, é o único país em que, entre 2007 e 2014, os jovens com mais baixas qualificações foram praticamente os únicos atingidos.

Para quem diz que a crise e a austeridade não foram “de classe”.

society2016

O Novo Ronaldo

Agora já todos quererão tirar uma foto com ele, fazer parcerias para cadeias de hotéis, restaurantes em Setúbal com a petizada com camisolas para assinar, isso tudo, menos as irinas. Com jeitinho, até o pulido.

guterres_1068145

5 de Outubro

Voltou o feriado e voltaram as comemorações oficiais que assinalam o nascimento do regime em que vivemos e que compreendo que não seja do agrado de monárquicos. A esses respeito que desprezem o 5 de Outubro e o queiram apagar da nossa memória. Já acho mais estranho que isso tenha sido tentado por gente que se afirma republicana. Em conjugação com a equivalente eliminação do 1º de Dezembro, estivemos na presença de uma tentativa de manipulação ou truncagem da memória colectiva nacional. Algo comum em todos os que pretendem apagar a História e recomeçar do zero na criação de um Homem Novo, insuflado de novos valores, enquanto se lhe apagam as recordações de tudo o que se considera atávico, anacrónico, não-moderno. Algo comum em todas as formas, mais ou menos explícitas, de totalitarismo e pensamento único. Mesmo admitindo que estas efemérides são mais um ritual do que uma celebração vibrante, prefiro-as ao seu apagamento às mãos de gente medíocre em termos políticos, cívicos e que parecem envergonhar-se do país e do povo a que pertencem. A mim, incomoda que partilhem a minha nacionalidade. Mas nunca faria algo para pagar isso.

una-memoria-colectiva