Tradução Automática

Leio o título “Governo quer reduzir carga horária dos alunos”, continuo a ler os números previstos para o OE2017 para a Educação, com o investimento no pré-escolar a ser muito superior (529,4 M€) ao acréscimo total do orçamento do ME para todo o Ensino Básico e Secundário (179,4 M€, sendo boa parte para os manuais gratuitos e outra compensada pelo fim de alguns contratos de associação), e percebo que em português quer dizer que a redução da carga horária dos alunos significa que os programas vão ser encurtados, não para que possam ser leccionados melhor, mas para poderem ser leccionados em menos tempos, cortando-se assim nos encargos da malta que assegura as aulas. Uma espécie de toma-lá-mas-tira-de-algum-lado que poderá parecer natural, mas que vai ser a continuação do mais do mesmo, mas agora na versão menos com menos. A escola esquelética na sua função nuclear, mas transbordante na sua missão de assistência social.

Não há outra forma de fazer as coisas? A mim parece que nem chegam a tentar, pois já estão habituados a ir buscar sempre ao mesmo sítio, porque a luta é descontínua.

(quem me dera estar enganado…)

profpardal

2 thoughts on “Tradução Automática

  1. Li com muito interesse este texto.
    Observo o silêncio dos sindicatos.
    Constato o frenesim de mais uma equipa de trabalho / de mais uma “reforma” / de mais qualquer coisa…, por parte do ME.
    Depois das metas, agora os programas liofilizados.

    Por favor, explique-nos o que pensa ser:

    a) “a redução da carga horária dos alunos significa que os programas vão ser encurtados, não para que possam ser leccionados melhor, mas para poderem ser leccionados em menos tempos, cortando-se assim nos encargos da malta que assegura as aulas.”

    Voltamos a cortar nas Letras e engordar as Ciências?
    Voltamos ao discurso de “professores a mais no sistema”?

    b) estaremos a caminho de mais uma negociata com os editores?
    Livros grátis no 1ºciclo e em troca novas edições com programas mínimos?

    Famílias a pagarem novamente manuais de (suposto) ciclo de 4 anos e se transformam em 2 anos?

    Obrigado, pelo seu tempo.

    Gostar

    1. Sim… é muito possível que se esteja a preparar:

      a) Uma redução do número de professores necessários, na sequência da redução de horas de aulas dos alunos.

      b) Nova vaga de materiais escolares (manuais ou auxiliares) para os “currículos essenciais”.

      Tudo isto me parece um jogo de equilíbrios muito instáveis.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.