O que Está a Dar

É ser testa de ferro de um banco nas mãos de estrangeiros, (pré-)falido, falido tecnicamente ou salvo à rasquinha à custa da caixa, por forma a que esta também precise de um gestor “de topo” (salarial). Não sei se será o caso destes, é claro.

pub24out16

Público, 24 de Outubro de 2016

Anúncios

3 thoughts on “O que Está a Dar

  1. Coitadito do António Ramalho… o mercado para ele deveria andar deflacionado…

    “…Na resposta, o governante falou no salário do presidente e acrescentou que os vogais da administração terão um vencimento anual de 337 mil euros. Considerando que a Caixa tem seis administradores executivos, para além do presidente, a comissão executiva da Caixa irá custar em salários cerca de 2,465 milhões de euros por ano brutos.”
    http://observador.pt/2016/10/18/presidente-da-caixa-geral-de-depositos-vai-ganhar-423-mil-euros-por-ano/

    Certamente não estará em causa o subsídio de férias… coitadinhos… andariam a rapar os tachos… E, será que recebem o subsídio de férias -14ºmês – em duodécimos???

    Ainda bem que têm prémios de desempenho… lá se compreenderia que recebessem apenas pela realização competente/profissional do trabalho para que foram contratados (vá-se lá exigir a estes o que se exige a todos os outros… brincalhões… aquilo é coisa de muita responsabilidade – não fosse assim e não teríamos a banca sólida, firme e competitiva que temos) … ainda poderiam perder a casinha, os meninos irem para a escola pública e viver na casa dos pais… é que a confiança dos mercados anda pelas ruas da amargura… ai e os raitings e coiso e tal… ainda bem que só competem uns com os outros (estaremos sempre por cá para pagar o que for preciso – nada como o corporativismo nacional)… ainda bem que na banca nacional não funcionam as regras dos mercados globalizados… “tadinhos”…justificar-se-ia o seu empobrecimento como se justifica a dos outros… mas… a excelência é coisa que tem outros critérios…

    E, entregar declarações de rendimentos nas entidades fiscalizadoras… – que pouca vergonha, exigir-se tal a sumidades tão extraordinárias pagas com os dinheiros públicos… há que ter fé que para desconfiança já chega a que se tem em relação aos restantes cidadãos… e, vivam as excepções.

    Ainda bem que os restantes trabalhadores não são pagos para fazer bem o seu trabalho…
    Ainda bem que nas profissões mundanas deste país não é necessário pagar bem para realizar um bom trabalho…
    Ainda bem que nas restantes e inúteis profissões não é preciso motivar ninguém…

    Quem foi que disse que não há dinheiro????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s