A Globalização da Estupidez

Descuido? Acidente? Mas não existia um perímetro de protecção em redor da peça que uma criatura imbecil partiu para tirar a merda de uma foto para meter no fbook ou algo assim? Há uns tempos foi a estátua da estação do Rossio porque outro imbecil quis fazer uma selfie idiota. Património? Cultura? Arte? Esta malta só está interessada em acumular pics para se mostrar, duvidando eu que saibam distinguir uma peça em talha dourada do c-3po.

Haddock

Anúncios

5 thoughts on “A Globalização da Estupidez

    1. Gostava era de perceber que raio de regras existem (se existem, como são cumpridas e quem lá está para as garantir) no Museu Nacional de Arte Antiga!
      Confesso que já lá não vou há uns 5-6 anos e, da última vez, mesmo fazendo algum esforço, não me recordo de me ter cruzado com alguém que me parecesse ser segurança ou funcionário do museu. Aliás, recordo-me que, numa perspectiva talvez excessivamente confiante – ou até naif – as peças estavam “à mão de semear”. Não para as roubar… mas para lhes tocar ou danificar.
      O que, se não são cópias, é uma absoluta e absurda temeridade…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s