Acordou?

Será que percebeu que as medidas tomadas no último ano com algum impacto positivo (fim da PACC ou da BCE) não tinham impacto orçamental e que quando foi preciso tomar opções o ministro amigo teve o peso politico de meia alçada? Ou apenas está a fazer voz um coche grossa para parecer que coiso e tal? Quem conhece o historial, sabe que lhe basta umas amesendações negociais para se acalmar e que se o vieira da silva telefonar a alguém lá mais acima no comité ele se cala logo no minuto seguinte, mais comunicado, menos comunicado.

E não me confundam com os editorialistas ou articulistas que apenas o condenam por estar manso com a Esquerda, porque isso para mim é secundário. Direita ou Esquerda não me interessa; interessam-me políticas concretas, e não palavreado sonso, de redignificação da profissão docente. O que lamento é que exista quem só defenda os interesses específicos dos professores conforme o manual de instruções.

supermario

5 thoughts on “Acordou?

  1. estava convencido que se pretendia:
    a eliminação de horários ao minuto,
    um repensar do número de alunos por turma,
    a dignidade profissional dos professores (nas carreiras e na avaliação),
    uma escola de liberdade, conhecimento e curiosidade,
    ….. enfim,outras prioridades.

    que seja sempre livre o meu (e o seu) pensamento de professor, pois ler é coisa de poucos, entender é coisa de privilegiados, estudar não está na moda,
    sabe, tenho saudades de quando havia uma escola onde habitavam pessoas…e tudo começou em 1980!
    amanhã, há mais! (já ouvia na parada do quartel/Mafra). boa noite e obrigado.

    1. Referi as prioridades mais evidentes em termos de condições laborais.

      Vou dizer-lhe uma coisa muito clara: não me adianta que as turmas passem de 30 para 29 ou 28, se mantiverem outras regras que estragam tudo.

      Os efeitos da redução de alunos nas turmas faz-se sentir a uma escala maior do que 1 aluno ou 2.

      Quanto ao resto… a tal escola da cidadania, da liberdade, etc, passa por uma reversão do modelo de gestão escolar. Algo que dificilmente acontecerá porque é comum ao grande centrão especializado na educação pela domesticação. Tirando os professores no terreno, na sua maioria, poucos se incomodam com isso. Incluindo os sindicalistas profissionais por opção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.