Mais de uma Década de Políticas Ineficazes

Há tanto tempo que se anda a amesquinhar a classe docente, numa aliança entre políticos de ocasião, especialistas ao desbarato, más-línguas blogosféricas insurgentes e blasfemas, articulistas observadores e tanta outra gente de inteligência superior, e os alunos continuam a achar que os professores merecem a sua confiança, são empenhados e são dos que lhes dão maior apoio, em termos comparativos internacionais? Os dados dos TIMMS 2015 e dos PISA 2015 são claros e convergentes, embora exista sempre a possibilidade do spin dos mas. Seja como for, só por manifesta má-fé se pode continuar a apontar uma incompetência generalizada aos professores portugueses, a necessidade de os renovar, reformatar e tanto outro disparate, a par de tantas ofensas que lhes são dirigidas com regularidade por gente de má índole e catadura mais do que duvidosa, não esquecendo iluminados como aquele miguelarticulistatavares.

Os “clientes” estão satisfeitos e recomendam com quem eles trabalha todos os dias. Deve ser uma enorme desilusão para a papisa e para os seus actuais seguidores, que não perdem oportunidade para lhes prestar vassalagem e branquearem a ditosa obra. As suas políticas de amesquinhamento fracassaram.

In your face, grunhos!

povinho

Anúncios

10 thoughts on “Mais de uma Década de Políticas Ineficazes

  1. Subscrevo tudo isso, mas é um facto que a maior subida nos resultados dos testes PISA se deu entre 2006 e 2009, quando era ministra MLR.
    Podemos dizer que foi apesar dela, centrar no “trabalho dos professores e alunos”, alegar que a contestação social e política nunca pôs em causa o nosso brio profissional, mas a verdade é que foi no tempo da “sinistra” que os resultados mais subiram.
    https://escolapt.wordpress.com/2016/12/06/testes-pisa-nos-e-os-outros/

      1. Os resultados “recalculados”, ajustando as distorções da amostra revelam um crescimento menor. Algo que durante muito tempo apenas alguns defenderam do princípio ao fim, mas que já foi demonstrado.

  2. O António Duarte ousa vir aqui enaltecer a sinistra ministra?
    A estória que aqui se conta não é essa. É preciso alinhar:
    No timms, melhoraram a matemática. Foi o Crato.
    Mas pioraram a ciências. Não foi o Crato.
    Mas os do TIMMS são do quarto ano e levaram toda a escolaridade com Crato? Sim, para a matemática. Não, para as ciências.
    No PISA, melhoraram em tudo. Foi o Crato.
    Mas na semana passada o que era pior não era responsabilidade do Crato? Só não era responsável pelas Ciências.
    Mas o PISA não foi feito por alunos que em 2015 estavam no nono e no décimo? Mas nesse ano ainda não havia metas do Crato no nono e no décimo? Não interessa. Se subiu, foi o Crato.
    Mas não é verdade que a subida mais acentuada foi até 2009? Não interessa. Agora estamos é a enaltecer o Crato.
    Mas isto não é apenas spin do PSD e do Crato? Não! Que absurdo! O Guinote lá ia alimentar um blogue só para enaltecer o Crato e o PSD. Ele alguma vez faria isso? Isso era desonesto e ele não o é.
    Percebido? A linha oficial que vai da Lapa até à Moita é tudo o que sobe é PSD, tudo o que desce é sinistra ou não se fala.
    Alinhemos, pois!

    1. Olha… voltou o imbecil que dizia que não voltaria… o gajo que diz que é professor e nem sequer sabe o significado do termo “reviralho”. A estupidez feita aparachico blogosférico, que apenas aparece para distorcer o que é escrito e defender o costismo-verdasquismo do sucesso, vassalo de MLR, a grande papisa do PS educacional.

      Ó imbecil, eu não vivo, nem nunca vivi, na Moita. Só se fosse no concelho… e já lá vão muitos anos. Actualiza os ficheiros, ó aluno de universidade jotista… com licenciatura em relvismo rosa.

      O mais giro é que este tipo não passa de um operacional para a blogosfera – a nova estirpe de “abrantes” – que nem sequer explica porque o SE desapareceu hoje perante os ganhos generalizados… e se esqueceu o “afunilamento curricular”…

      Isto só para falarmos na “honestidade” do comentador anterior… que não sabemos se também entregou alguma declaração de rendimentos para que se possa saber se corre apenas por amor à camisola. 🙂

      1. O abrenúncio é tão “honesto” que até finge não ler que o título do post é “mais de uma década”, incluindo MLR e Crato no mesmo período de continuidade nas políticas de degradação da condição docente.

        Já houve tempos em que os trolls eram menos débeis.

  3. Eu não vinha mas isto é tudo tão mau, o argumentozinho tão débil, que um gajo não aguenta. Ou se parte todo a rir em casa ou tem um pouco de respeito por si e pelo mundo e vem aqui expor a palhaçada laranja.
    Lamento, mas não sou jota de coisa nenhuma nem tenho militância partidária. Voto Bloco de Esquerda há muitos anos e assim farei enquanto entender, mas não dependo de ninguém. Tenho cérebro e não ando a abrir e a fechar blogues consoante a alternância rosa-laranja dita que o faça.
    Eu bem previ um chilique. Ele reage sempre assim quando perde os argumentos.
    Ou faz umas publicações muito profundas ou desata aos gritos. Desta vez deu para a gritaria.
    Eu defendo o Brandão Rodrigues e não tenho problema em dizê-lo. Não tenho a menor dúvida que o Crato foi o pior ministro que este país já teve.
    Se mora na Moita, na freguesia ou no concelho, não me podia ser mais indiferente.
    Faça lá umas fotos do que anda a comer, que isso é mais sério do que a propaganda laranjinha.

    1. Caro idiota… o problema é que a sua ignorância é tão grande, mas tão grande, que a “honestidade” não lhe dá para lhe ocorrer que em 2009 já defendi, com assinatura por baixo, um manifesto a defender esta solução governativa. Não foi em 2015, mas em 2009.

      O pseudo Rui Santos (nº 29 na ordem dos controleiros blogosféricos) é tão “honesto”, mas tão “honesto”, que se esquece que fiz campanha por António Nóvoa e abri este blogue no dia das eleições para defender uma solução governativa de esquerda, contra os que defendiam o governo do “vitorioso” PSD.

      O nº29 Rui Santos é tão débil, mas tão débil que se esquece que em mais de 10 anos este é apenas o meu segundo blogue e que fechei o anterior um bocado farto de ter de aturar “ruis santos” que prefiro pensar como entidades fictícias, porque a ser pessoa não passa de um pedaço fecal com olhos.
      😉

      Toma lá como chilique, ó pseudo-bloquista nascido de baixo de um calhau.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s