PISA 2015

Estou a escrever antes do levantamento do embargo relativo à divulgação dos PISA 2015. Os resultados são muito favoráveis a Portugal, apesar da maioria das previsões catastrofistas. Por razões de trabalho, não posso ainda apresentar muitos dos dados e não faço ideia do spin colocado nestas matérias pela comunicação social, nomeadamente ao nível dos “mas”.

Atendendo ao que declarou na semana passada sobre o mau desempenho em Ciências, o que terá o actual SE a dizer acerca disto, constante no volume 2 do relatório dos PISA:

Australia, Canada, Ireland, Portugal, Singapore, Slovenia and the United Kingdom are high performers in science. Their 15-year-old students hold strong beliefs about the value of scientific enquiry, and larger‑than‑average proportions of students in these countries expect to work in a science-related occupation later on.

E no volume 1:

Among OECD countries, Portugal improved by more than seven score points every three years, on average and Israel raised its score by about five points every three years. Partner countries/economies Macao (China), Romania, Singapore, and Trinidad and Tobago also show significant improvements over the period in which they participated in PISA. (Of these, only Macao [China] and Romania participated in all four PISA cycles between 2006 and 2015.) (Figure 1.2.21).
By contrast, in Finland, the Slovak Republic and the United Arab Emirates, student performance in science deteriorated by more than ten points every three years, on average. Performance in Australia, the Czech Republic, Greece, Hong Kong (China), Hungary, Iceland and New Zealand deteriorated between five and ten points every three years; and mean performance in science in Austria, Croatia, Jordan, the Netherlands and Sweden declined by less than five points every three years, on average (Figure 1.2.21).

(…)

Few countries saw consistent improvements in reading performance since PISA 2000.
Of the 42 countries and economies that have collected comparable data on student performance in at least five PISA assessments, including 2015, only Chile, Germany, Hong Kong (China), Indonesia, Israel, Japan, Latvia, Macao (China), Poland, Portugal, Romania and the Russian Federation (hereafter “Russia”) have seen an improving trend in average reading performance.

Não tenho qualquer dúvida que voltaremos a ouvir falar em “políticas eficazes”. E os políticos irão reclamar a sua responsabilidade em tudo isto, quiçá invertendo o que declararam acerca dos TIMMS.

Reparem, já agora, que os países apresentados como faróis na privatização ou descentralização da Educação apresentam uma evolução deplorável que deveria levar muitos articulistas, estudiosos e “lobistas” da questão (em especial com coluna residente no impoluto Observador) enfiar-se num buraco bem fundo.

pisa2015cienciaspisa2015pisa2015b

7 thoughts on “PISA 2015

    1. He is? He is? I can’t belive it! Hip! Hip! Hurrah! How happy! I used to eat “Realistic Education” flakes every breakfast but it’s been sold out for a long time! Please tell me in what supermarkets are available right now. I can’t wait to get them! Thank you very, very much!

      Gostar

    2. It’s true! It’s true! I have a daughter who had lousy teachers in a public school (what else could we expect?) but she started eating “Crato Standards” steaks at lunch and slices of “Crato’s Curricular Goals” at dinner and had a lot of success! Could that man be canonized? I really hope so!

      Gostar

  1. Excessivo? Pode não ser. Depende do grau de chamuscanço. Há uma tabela no Vaticano para avaliar essas coisas, O grau zero é um balde de água gelada pela cabeça abaixo. O grau 20 (já que a escala de 0 a 20 é obra de deus, como sabe…) corresponde à exposição a um lança-chamas carregado de Napalm. Onde deveríamos situar o Dr. Crato? Pois, deixo à sua inteira consideração. Para mim nunca menos de um maçarico daqueles que utilizam os “chefs” com, pelo menos, duas estrelas Michelin!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.