Parcerias

O ministro da Educação aparece hoje no Expresso a elogiar a parceria que terá reestabelecido com os sindicatos. Permito-me discordar em parte, desmancha-prazeres que sou e com memória. Durante o mandato de Nuno Crato, a parceria do ME com a FNE foi mais do que evidente, ao ponto desta parecer mais uma direcção-geral da 5 de Outubro do que um sindicato de professores. Já no presente, com a geringonça a meter a trela bem apertada na Fenprof, a parceria é do tipo daquela que se tentou estabelecer nos tempos de Isabel Alçada, no sentido da maior federação sindical de professores colaborar activamente na prevenção de qualquer foco sério de contestação dos professores às decisões ministeriais. Mudam-se os ministros, mudam-se as parcerias, lixam-se os mesmos do costume, porque eu só acredito em certos cromos quando eles saírem de lá para darem aulas e arcarem com as decisões com que colaboraram, nem que seja por omissão. Se o clima de acalmia é um bem para as escolas? Depende. Eu acho que quem mais ganha com esta parceria é quem tem na mão as pontas da trela.

img_3396

Expresso, 17 de Dezembro de 2016

Anúncios

One thought on “Parcerias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s