Ainda Bem!

Que nada disto se aplica ao pessoal docente.

A Federação Nacional da Educação (FNE) enviou, esta quinta-feira, o pré-aviso de greve dos trabalhadores não docentes para 3 de Fevereiro pelo descongelamento das carreiras e posições remuneratórias, pela valorização profissional e pelo estabelecimento de carreiras especiais.

A FNE junta-se assim à paralisação já anunciada pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS) e pela Federação dos Sindicatos da Administração Pública (FESAP).

Já viram o que seria se existisse uma greve unitária de pessoal não docente e docente em torno destas causas? Até a geringonça abanava… e depois era um fartote de lasagnas e cannelonis.

Ok… pronto, isto é só para desentupir o carburador das zundapes e parecer que qualquer coisa.

fneprof

Anúncios

13 thoughts on “Ainda Bem!

  1. Pingback: Primeiro Ciclo
  2. Ainda estou em estado de choque com o anúncio de que o diploma de concursos vai possibilitar que, durante mais dois anos, quem vem de escolas com CA concorre em segunda prioridade. Li o veemente e-mail da fenprof, e pergunto-me para que serve um sindicato: para fazer textos ou para encetar acções?

      1. O final foi mesmo uma desilusão! Vamos ter professores associados de cooperativas de ensino (que compraram um posto de trabalho) que ainda vão ter como prémio uma colocação no ensino público! Nunca pensei que a reviravolta fosse neste sentido! Uma desilusão!

  3. É por estas e por outras que não sou sindicalizado. Como podem indivíduos que não põem os pés numa sala de aula há décadas representar-me? Representam os seus próprios interesses de gente de gabinete que não quer é dar aulas, ali, ao meu lado. Vão pentear macacos!

    1. Ahhh… aprendi hoje que são os trabalhadores que convocam greves quando lhes apetece. Deve ser a nova lei sindical.

      Sim, são os trabalhadores que fazem – ou não – greves.

      Mas eu tinha a sensação que não podiam fazê-las sem serem convocadas.
      Foi esse o meu “equívoco de base”. Falta-me a formação de base sindical que nos permite atingir o nirvana supremo do entendimento destas coisas excepcionais.

    2. A questão é que basta um sindicato para convocar uma greve, mas são precisos dezenas de milhares, neste caso de professores, a fazê-la, para que ela tenha sucesso.

      Já a “formação sindical de base”, a única coisa que me diz é que, havendo a vontade colectiva de fazer uma greve, há sempre um sindicato disponível para a convocar. E há por aí vários que são insuspeitos de simpatias pela geringonça.

      1. Basta um sindicato para convocar uma greve, certo. Mas há uma diferença entre um “sindicato” na plena acepção do termo e da prática e umas coisas que andam por aí, com gente suficiente para as requisições para o aparelho parecer que existe.

        Quanto a “vontades colectivas” continuo a dizer que me falta a formação para perceber como é detectada, até porque – por exemplo – o zé que por vezes vai lá à minha escola nem tem aparecido, de tão satisfeito com a geringonça e o outro que lá estava foi para director, ap+os diversas tentativas :-).

        O “sucesso” de uma greve verifica-se depois de realizada e não é por comunicados a garantirem 91% de adesão como há uns anos, na mesma altura em que se deixavam os professores praticamente sozinhos perante a imposição dos OI.

        Ainda acerca de “sucesso”, a mim pareceu que a greve às avaliações de há poucos anos estava a ser um “sucesso”, mas houve quem pusesse o dedo no ar e decidisse que já chegava, que a vontade estava a esmorecer.

        Mas, repito, a mim falta a formação sindical de base que determina a fidelidade à omnisciência dos líderes e vanguardas dos comités eleitos (como o trump o foi, note-se…).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s