Tirar o Tapete aos Ex-Colegas

“Sou director há 14 anos e nunca suspendi um aluno, nem nunca o farei. Porque mandar um aluno para a rua é mandar também o problema para a rua e isso não se faz. Isto não quer dizer que não tenhamos tido problemas graves, mas conseguimos resolvê-los na escola”, refere a propósito o presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares (ANDE), Manuel Pereira.

Se um dia for agredido a sério por um aluno (como já aconteceu a outros) quero ver como se resolve a coisa. Na Polícia? E depois ainda dizem que não há razões para burnout docente quando um director afirma publicamente isto, dando toda a margem de comportamento aos alunos. Para além de dizer que assumidamente não pretende cumprir uma lei em vigor.

Quase tão mau como isto só uma então secretária de Estado afirmar num programa televisivo que cuspir num professor não era necessariamente uma infracção grave ou muito grave.

Cruzes, há gente com muita sorte por (não) dar aulas onde dá. Ou então vivemos mesmo em planetas (físicos e mentais) diferentes. Até porque há megas com mais alunos do que a população de toda a sede de concelho.

Mas eu sou um matamouros abrutalhado, como se sabe. Só que dou mesmo aulas, enquanto há quem não o faça há muito e viva em ambiente protegido. E não me incomoda dizê-lo.

NEVER SAY NEVER AGAIN [BR / US / GER 1983]

 

Indisciplina

O Alexandre Henriques divulgou os dados de mais um inquérito sobre a indisciplina numa amostra de escolas portuguesas e acrescentou umas boas propostas de trabalho ao nível do que se pode fazer para a minorar. Mais logo, depois das 21.00, na RTP3, espero ter alguns minutos (o tempo é curto, não dá para enciclopedismos) para acrescentar um ou outro ponto sobre este assunto, a montante (o que provoca a indisciplina, a começar fora da escola?) e a jusante (o que podemos fazer, desde logo ao nível da sala de aula, para que o ambiente seja seguro e propício às aprendizagens de todos os alunos?). Como é sabido, não sou grande defensor das teorias da desculpabilização de comportamentos que podem e devem ser prevenidos de fora precoce e tratados da forma mais célere e justa possível, para que o benefício da impunidade não multiplique o infractor. Dentro da escola, mas também a partir de fora dela.

percentagem-alunos-medidas-disciplinares

Com 30 Anos de Atraso

A leitura do muito bom Ender’s Game de Orson Scott Card. Ao ponto de merecer a compra dupla, depois do paperback de ocasião na língua original, a muito razoável tradução portuguesa (para consumo da petiza), mesmo se o duplo ou triplo sentido do título original se perca. Tanto melhor quanto nos conseguirmos lembrar que quando foi escrito ainda tínhamos jogos de computador do tipo asteróides e pacman.

img_3888

Vícios, Prazeres

Quem um dia espreitar os meus livros vai achar que eu andei pelos states a fanar livros de bibliotecas escolares e universitárias. Mas a betterworld recolhe os livros que essas bibliotecas despacham ao fim de algum tempo sem requisições e vende-os a um preço espectacular, só que os livros trazem os carimbos todos (incluindo o de discarded, claro). Mas assim a minha biblioteca David Almond está quase a atingir a dúzia, com pouco mais de 20 euros a valerem 5 novas aquisições.

img_3881