Já Posso?

Explicar que a minha decisão, há meses, em descontinuar a minha colaboração com o Conselho de Educação da FFMS passou em grande parte pelo facto de ali nada se decidir de especialmente relevante sobre a realização de tertúlias como a de ontem e pela opção tomada por alguém por deixar que um espaço que deveria ser de desafio se tornasse principalmente mais um abrigo para notáveis se auto-congratularem sem qualquer forma de contraditório? Se reunir seis ex-ministros da Educação é um feito extraordinário, deveríamos pensar isso também é possível por se sentirem confortáveis na presença uns dos outros e abrigados de qualquer tipo de intervenção crítica. O conflito é mau, imaturo, radical.

Os tempos são de rendição aos poderes estabelecidos, às parcerias e às velhas cumplicidades, em nome da sobrevivência, calando quase todo o tipo de oposição, como se o “sucesso” que agora se assume, pouco tempo depois de se dizer estar tudo mal e precisar-se de novos paradigmas, fosse apenas fruto da vontade iluminada da tertúlia de ex-governantes. Estavam ali as únicas mamãs e papás do sucesso e até dizem ter números para o provar. Vence a indiferença, apoiada em correlações estatísticas pós-verdadeiras. Perde o decoro e, porventura, algo ainda mais importante.

Mas isso agora não interessa nada.

black

Advertisements

One thought on “Já Posso?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s