Doutrina Valentim

Como outros governantes, a equipa das Finanças terá feito um daqueles acordos de pseudo-gentlemen à margem das vias legais com a futura passada equipa de administração da CGD, tendo o cuidado de não produzir uma smoking gun muito eviedente.

Como outras oposições conhecedoras destes esquemas, o PSD e CDS decidiram zurzir o governo a partir de todos aqueles indícios que a mim também fazem parecer claro que existiu o tal acordo para abrir excepções pouco razoáveis às regras.

Como outros governos e maiorias, a geringonça actual vai refugiar-se em truques semânticos e apostar na teoria do “não podem provar nada e mesmo que possam será por meios indirectos”.

O que é mais deprimente é mesmo isto ser tudo como dantes. Apostarem em que a coisa não poderá ser provada em vez de garantirem que não aconteceu mesmo.

valentim

Advertisements

2 thoughts on “Doutrina Valentim

  1. Nem houve um decreto-lei feito à medida do banqueiro escolhido, assinado pelo pm e promulgado pelo pr… nada disso… temos de aguardar por “provas”…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s