Convergência

Por estranho que pareça a algumas mentes, aquilo que defendo como melhor para a Educação enquanto professor coincide com os meus anseios como encarregado de educação. Desejo para os meus alunos que estão, por exemplo, no 8º ano que alguma coisa de bom ainda seja feita a tempo, assim como para a minha petiza que está no mesmo 8º ano. Que exista gente que insiste em confundir “o interesse dos pais” com parceiros de ocasião ou que encare “o interesse dos alunos” como oposto aos dos professores só significa que entre nós se ascende a cargos de responsabilidade com base numa certa e determinada mediocridade de vistas. Pensando melhor, se calhar chegam lá mesmo como recompensa por essa mesma mediocridade, seja ela real ou simulada por razões óbvias.

convergente-centro