(Intermezzo Burrrocrático com Três RRR)

Há quem recorde os anos 90 do século XX como uma espécie de Época Dourada das Escolas e da Educação. Claramente, só pode ser o efeito dos últimos 10-15 anos de muito mau para se pensar assim. Quem levou com a MLR e o Crato em cima é normal que esteja traumatizad@, mas era boa ideia que reconsiderassem o que recordam d’antanho.

Volto a fazer ressalvas… estas coisas não são para mim objecto de combate político dicotómico ou maniqueísta do género Esquerda/Direita porque isto foi transversal aos mandatos e governações. Começou com o PSD, acelerou com o PS durante o final do século XX e depois o sistema apenas se foi reproduzindo e dobrando sobre si mesmo, em espiral.

Muito do que se anuncia como uma forma de renovar o trabalho pedagógico ou de o aproximar do interesse dos alunos é concebido a partir de um pensamento eivado de desconfiança e algo paranóico com a necessidade de controlo completo sobre o trabalho dos docentes.

Reparemos nas 5 páginas do “Quadro/Resumo das Actividades” que seria necessário seguir como guião para o Trabalho de Projecto (obra já antes citada de Lisete Castro e Maria Manuel Ricardo, pp. 65-69).

A seguir à Área Escola (governo PSD) vieram as ACND (governo PS) com mais uma parafernália de grelhas para registar tudo e mais alguma coisa que fosse feita e observável nas aulas com a miudagem. Ou seja, era mais o tempo necessário para proceder aos registos do que o que sobrava para alguma coisa mesmo relevante. as grelhas seguintes estão no livro Projecto de gestão flexível do currículo – os professores num processo de mudança de Ana Maria Lopes, publicado pelo próprio Ministério da Educação em 2003.

IMG_4331IMG_4332

E relativamente aos alunos? Tudo ficava mais ligeiro, atractivo, significativo, ligado à sua realidade local? Depende. Se gostassem de questionários e pretendessem uma vida de burrrocratas convictos, havia um com 70 (se-ten-ta) questões para auto-avaliação dos seus hábitos de estudo (pp. 143-145 da obra referida acima).

Eu poderia publicar em pequeno mosaico, mas acho que se perdia o aspecto delirante do que se tem vivido nas escolas a substituir o que poderiam ser actividades e aprendizagens relevantes por tretas. Quando são necessárias 70 questões para conhecer os hábitos de estudo de um aluno é porque não se trabalha todos os dias com ele.

IMG_4335IMG_4334IMG_4333

Isto é um exagero (é!) e não se fazia na prática?

Olhem que sim, olhem que sim… afinal, de onde acham que surgiram os grelhadores convictos dos tempos da MLR?

Advertisements

One thought on “(Intermezzo Burrrocrático com Três RRR)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s