Reformas, Paradigmas

A conversa em redor da Educação padece quase sempre de uma miopia mental disfarçada com retóricas gongóricas, normalmente relacionadas com a necessidade de “mudar o paradigma”, uma expressão que me provoca uma imensa complicação neurológica, despertando-me imensos e dolorosos tiques nervosos, de tão massacrado que já fui ao longo do tempo com a expressão por quem nem sequer sabe exactamente do que está a falar (e o Kuhn deve revolver-se onde quer que esteja). Então se vier associada ao “interesse dos alunos” fico com enorme vontade de me alistar na National Rifle Association.

Para mim, curiosamente, são mais importantes coisas bem mais práticas como melhorar o ambiente de escola para que os alunos se sintam seguros nas mais variadas dimensões para desenvolver as suas aprendizagens.

O ambiente de escola é algo que nem sempre é tido em consideração quando se analisam os factores de sucesso ou o que é importante “reformar” na Educação, a menos que seja na sequência de acontecimentos mediáticos ligados à violência nos espaços escolares. Ou então é associado de forma simplista apenas às condições das instalações escolares (tipo Parque Escolar para alguns).
 .
Mas o ambiente de escola é muito mais do que isso, em especial se nos preocuparmos com a segurança física, psicológica e mesmo social dos alunos  e com o que é necessário para que eles se sintam plenamente confiantes no espaço escolar e nas salas de aula para desenvolverem todo o seu potencial, chamemos-lhe conhecimentos ou competências. Quando se fala muito na necessidade de “mudar” ou “reformar” o funcionamento das escolas no “interesse dos alunos”, a minha prioridade passa sempre por pensar a escola e a sala de aula como um espaço seguro a todos os níveis.
.
Classroom1
Anúncios

2 thoughts on “Reformas, Paradigmas

  1. O único paradigma que não se reforma é filhaputez de gajos como tu, ó Paulo.
    És um gajo sem escrúpulos, sem pudor, sem pejo em acusar os teus próprios colegas das maiores aldrabices e de repisar a merdunga que cagaricas para ir levantando suspeitas.
    Não sei que idade tens, mas o que tu fazes eu já vi fazer nos tempos da outra senhora. És um monte de esterco com comportamentos pidescos. És uma pessoa mal resolvida na vida e pelas horas que passas a escrever deves ter outra aí em casa com carências grandes.
    Reforma-te, meu, e vê bem quantos já te toparam, quantos já viram o que te faz mexer.
    Quando um professor se presta a folhetins do correio da manhã, está na hora de repensar a sua vocação. A ti nem confiava o meu canário para educar, quanto mais um filho. Aposto que a seguir virá outro tablóide. É o sol ou o diabo?

    1. Porque não assinou como “Manuel Fernandes” como da outra vez?
      Tenha calma, homem… não precisa mostrar tanto domínio de um discurso tão estereotipado e bilioso. Já lido com isso há muito, bem como com essas acusações todas. E tanta irritação faz mal. Pelo menos o texto vem sem erros ortográficos a uma primeira vista.

      Foram apanhados com os suspensórios e o cinto fora do sítio, lidem com isso com um pouco mais de nível… parecem os “abrantes”…

      Descansa, pá, que estive umas horas a ver testes (já viste quantas horas demorei a responder… eu nem tenho telefone “esperto” para andar sempre a olhar para o face e o tuítas), mas com carências só a minha gata que andou meio aflita por estes dias.
      Mas, fosse como fosse, não te a apresentaria… 🙂
      “Pidescos” são os que fazem coisas às escondidas e depois aparecem a chamar nomes a que lhes descobre as tramóias.

      Em suma, pareces infeliz.
      Se puder, irei manter-te assim.
      Se calhar já telefonaram a algum@ amig@ e ficaram sem saber que responder, certo? A “narrativa” não tinha sido preparada para o ricochete…
      És capaz de ter uma surpresa daqui por uns tempos com o que eu escreverei ou não.
      É uma promessa. 😉

      Mas, já sabes… isto é apenas um quintal de aldeia… ninguém me liga. Descansa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s