Afinidades

Entre aqueles que, querendo fazer reformas a torto e direito, lá ou cá, anunciam catástrofes inexistentes, distorcendo factos e números.

Betsy DeVos’ American Carnage

Echoing her boss, she sees horrendous decline in America’s schools—but even the numbers she cites undermine her point.

convergente-centro

Advertisements

4 thoughts on “Afinidades

  1. Por falar em afinidades…estive a ler as propostas na área educativa dos vários candidatos ás eleições presidenciais francesas e, qual não foi o meu espanto, quando constatei que o candidato que tem um discurso mais próximo do que se vai lendo neste quintal é…a senhora candidata!
    O Paulo Guinote confirma esta constatação?

    http://www.apel.fr/famille-et-education/famille-et-education-le-magazine/le-dernier-numero/le-programme-des-candidats.html

    1. Confirmo que “há” e “à” são palavras homófonas, mas que “á” não se admite em pessoa tão letrada. Até porque quando se critica a qualidade dos professores deveria dar-se o exemplo de cuidado na escrita.

      1. Ao não responder deixa no ar a sensação de que a constatação que fiz é certeira, não o querendo no entanto admitir publicamente. Está no seu direito, mas arrisca-se a sofrer novo embaraço, com a publicação do video de um discurso em que, mais uma vez, se sucedem umas após as outras as ideias que diariamente se vão lendo aqui neste silvado.

        Sugestão; Já que aqui em Portugal, por muito que se esforce por ganhar notoriedade através de Umbigos e Quintais cheios de silvas, nunca mais consegue ser convidado para um lugarzinho de algum destaque, experimente escrever à Marine a oferecer os seus serviços. Nunca se sabe, com tanta coincidência de ideias pode ser que finalmente chegue de França o tão almejado convite para algo mais do que o que actualmente tem! Claro que terá de engolir alguns sapos, já que a Marine não é exactamente conhecida pelo seu amor a Ciganos e similares. Enfim, não se pode ter tudo. Quem não tem cão deve tentar caçar com gato.

  2. Caro “leitor”… percebi que acusou o toque. É fácil descompensá-lo… talvez seja por causa da idade, talvez seja por causa do fracasso a que foi votada a sua passagem pelos corredores, fruto do tal convitezinho que aceitou, pensando que deixaria a sua marca na Educação nacional,

    Lamento a saída sem glória da arena, após o rabo cortado e as orelhas murchas. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s