Para Quando a Reedição?

Destes dois guias da reforma curricular de 2001 (RefCurrACND, RefCurricAval), publicados em Março de 2002, com as indicações para a forma como se deveriam aplicar as famosas áreas curriculares não disciplinares, com destaque para as questões da cidadania e dos “projectos”, e como proceder à avaliação das aprendizagens dos alunos do Ensino Básico. Passaram já mais de 15 anos, mas o discurso não mudou praticamente nada, menos consoante muda, mais acentuação amputada.

Tudo isto é chato, repetitivo, disco riscado, sempre com os mesmos artistas ou os seus discípulos mais pressurosos.

Quantum-Leap-COZI-TV

Anúncios

2 thoughts on “Para Quando a Reedição?

  1. Ainda não percebi bem a ”coisa”… o ”lobby”, alguns dos objetivos… mas há uns mantras diariamente repetidos na imprensa: a escola está obsoleta; os professores não passam de meros catalisadores de criancinhas que aprendem sozinhas; soluções , sem mácula ou dúvida, para os mais arcaicos. Hoje foi uma senhora professora que escreveu na visão uma carta aberta, com alguns erros científicos, e várias generalizações, que se propõe salvar o ensino com, por exemplo, o material Cuisenaire e técnicas onde os alunos aprendem a ler sozinhos e em esfuziante alegria… Amanhã veremos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s