Aulas Digitais

Temos hoje ao dispor um manancial de recursos que permitem tornar as aulas algo completamente do que foi em tempos e esse “em tempos” é tantas vezes apenas 15-20 anos. Embora nem sempre as redes ajudem e os bloqueios ministeriais e locais sejam por vezes de bradar aos céus (é impensável, por exemplo, que me bloqueiem o acesso a sites destinados a criar banda desenhada online como o Pixton quando ouço governantes a clamar por inovação e utilização das tiques), temos agora possibilidade de mostrar com bastante qualidade e detalhe muito do que antes era apenas transmitido pela palavra. Acho que já por aqui escrevi o prazer que dá leccionar certas matérias relacionadas, por exemplo, com a Arte e poder mostrar quase todas as obras imagináveis sob os mais diversos ângulos, entrar nas grutas de Lascaux ou na Capela Sistina em 360º, analisar pormenores a cores de pinturas que eu aprendi a apreciar a preto e branco ou em cores meio-coiso em edições de outros tempos (a História da Arte do Janson editada pela Gulbenkian nos anos 70 do século passado é um bom exemplo de um grande livro que agora é visualmente arcaico).

Claro que isto só funciona se existir o gosto e o prazer por partilhar esse mesmo gosto e prazer. Claro que um calhau será sempre um calhau, pelo que quem antes não conseguia encontrar transmitir grande coisa a preto e branco dificilmente se tornará um diamante da comunicação a cores. Mas esse é um outro problema, A tecnologia é um poderoso meio para melhorar e expandir o que antes era limitado. Mas não a parte humana da coisa. Pessoal e profissionalmente, as tiques têm-me facilitado muito o trabalho. Na parte técnica. Que vai muito para além de inserir o cd (antes) ou a pen (agora, enquanto as dão) da editora x.

Klimt

Advertisements

3 thoughts on “Aulas Digitais

  1. Quem ainda é do tempo em que descritores como “o professor@ usa as tiques”, na célebre ADD, que levante o braço. Nunca vi tanto powerpoint!

  2. Caro Paulo Guinote, gostaria apenas de referir nem as PENs nem os CDs correspondem ao que de melhor e mais versátil (e com mais potenciais benefícios para a atividade docente) é proporcionado ao professores no âmbito da atividade das “editoras”. Infelizmente, as dificuldades de acesso à web que subsistem em muitas escolas é que condicionam a utiilização das plataformas em todas as suas múltiplas valências, porque com o acesso a estas é possível desenvolver.práticas que mobilizem os alunos para o estudo, fora e dentro do espaço escolar. CDs e PENs, ainda que seja possível desenvolver muitas atividades interessantes com estes suportes, são paleativos, meras soluções de recurso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s