A Pressa é Má Conselheira

Pelo que é de saudar mais um adiamento na produção de legislação, neste caso em relação a uma área demasiado sensível (a Educação Especial) para ser tratada com base apenas nas “impressões” obtidas em conversas com algumas amizades e grupos de apoio/pressão. Não faço a mínima ideia da razão de tamanho secretismo para os “parceiros” (eles não estão avisados para não deixarem fugir nada? ou é mesmo falta de confiança? 🙂 ), mas espero que seja porque, por uma vez, estão a fazer as coisas com cabeça e pés para andar sem atropelar tudo e todos.

Claro que por vias e travessas me chegou que isto tem dado um bocado de confusão junto de pessoas com acesso a instâncias mais altas (nem que seja formalmente) do que o rosto do costume, por muito que seja bem visto no aparelho. Mas isso é todo um outro campeonato que agora não interessa remexer porque pode doer.

Anúncios

One thought on “A Pressa é Má Conselheira

  1. Quem se preocupa com os Professores do 1.º Ciclo?

    | ACABARAM-SE OS REBUÇADOS PARA O 1.º CICLO. E FINOU-SE O RESPEITO!

    O que se anuncia, em forma de comunicação final – sem grande margem para alterações suscetíveis de repor alguma dignidade e justiça surripiada aos docentes do 1.º Ciclo – é a cristalização de uma afrontosa inquidade imposta pela atual tutela há um ano: o prolongamento, em duas semanas, do calendário escolar.
    Vai dar-se um rebuçado aos colegas do Pré-escolar – distribuição equitativa de pechisbeques… – com a equiparação do seu calendário escolar ao do 1.º Ciclo.
    Conclusão a retirar: este ME, como o anterior, goza, amesquinha e apouca um grupo de professores em concreto, sabendo que pouca (ou nenhuma) oposição terá dos sindicatos. De novo, um “doce envenenado”, dado com o cínico propósito de »dividir para reinar», i.e., virar educadores contra professores do 1.º Ciclo.
    Para umas coisas, quando convém à tutela, o 1.º Ciclo e o Pré-escolar tem especificidades que importa salvaguardar. Para outras, quando, de novo, convém ao ME, os Educadores e os docentes do 1.º Ciclo são equiparados sem apelo nem agravo aos demais.
    Nesta atmosfera de colaboracionismo hipócrita, que tem unido sindicatos e consecutivos executivos governamentais, as vítimas do costume continuam a ver a sua vida e a sua saúde andarem para trás.
    Ah! Adiram a todas as greves para continuarem a fazer número e ruído para proteção dos direitos dos outros, que nunca foram (nem são!) solidários connosco!
    ACORDA professor(a) do 1.º Ciclo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s