Dramas de Verão – 1

Chega finalmente o tempo em que se pode colocar a leitura em dia (ou tentar), pelo que há que fazer opções.

Ler as coisas ditas sérias que o tempo de aulas desencorajava pela maior densidade? Terminar alguns clássicos interrompidos que dizem fazer parte de qualquer cultura geral que se queira decente (normalmente são russos ou franceses do século XIX)? Ou optar pela pura evasão e ler para descontrair, relaxar, evadir da triste sina de algum quotidiano?

Estará a solução no meio termo? É em regra o que acabo de fazer com banda desenhada para os momentos curtos de leitura (embora Os Ignorantes do Etienne Davodeau tenha quase 300 páginas e ainda leve umas horas), os policiais mais leves para a praia (sim, não tenho vergonha de confessar que papei três Baldacci’s na temporada de 2016) e as coisas mais “substanciais” para o pôr de sol e mais além.

 

 

3 thoughts on “Dramas de Verão – 1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.