Dúvidas

Quantas actualizações salariais daria o saco azul do zeinal? E quantas dariam as viagens e outras simpatias que o espírito santo salgado (e outros mecenas empreendedores, alegadamente, claro, da antiga pêtê à agora edêpê, com aqueles grandes debates encenados para discutir o futuro do país) distribuiu(ram) por muita gente que andou e anda por aí a criticar os funcionários públicos e professores por terem “privilégios”? Existisse algum pudor e vergonha e seriam muit@s o que pediriam escusa para escrever sobre quem recebe para fazer o trabalho que faz e não encomendas de pseudo-notícias e opiniões teleguiadas. Atenção que não estou a falar em especial de jornalistas a sério, mas de alguns cromos com foto diária ou semanal para despejar chorrilhos de asneiras sem qualquer verificação factual. Aliás, durante muito tempo essa – o recurso sistemático à pós-verdade – deveria ser condição indispensável para a avença mediática, em meio singular ou em sinergia comunicacional.

Olhem que não eram só os corporativos e abrantinos que eram mantidos pelo(s) poder(es), nem só pelo desse tempo. Os processos não mudaram. Pelo contrário, refinou-se no encobrimento e no uso de informação sensível para manter muita gente pela arreata sem bufar

E há os que adesivam por muito pouco, porque parece que ainda há por aí alguma crise.

Correia2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s